• Telangiectasias perimaculares idiopáticas Editorial

    Abujamra, Suel
  • Avaliação da eficácia do bimatoprosta 0,03% (Glamigan, Germed, Brasil) na redução da pressão intraocular em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto e hipertensão ocular Artigos Originais

    Almodin, Juliana; Di Sessa, Luiz Fernando Santini; Almodin, Flavia; Cvintal, Tadeu

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a eficácia do colírio bimatoprosta 0,03% (Glamigan, Germed, Brasil) na redução da pressão intraocular (PIO) em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) ou hipertensão ocular (HO), bem como avaliar os efeitos colaterais decorrentes do uso da droga no desenho epidemiológico randomizado, controlado. MÉTODOS: Foram avaliados pacientes portadores de GPAA ou HO, acima de 18 anos de idade. Todos os pacientes receberam o colírio Glamigan® como primeira droga a ser introduzida no tratamento, tendo sido utilizada uma gota uma vez ao dia (à noite), e 30 dias após foram submetidos à tonometria de aplanação (Goldmann) para mensuração da PIO. RESULTADOS: A amostra do estudo foi composta por 35 (66 olhos) pacientes portadores de GPAA e HO, sendo 16 do sexo masculino (45,7%) e 19, do feminino (54,3%). A média de idade foi de 66,7 anos, sendo a idade máxima 84 anos. A média de redução da PIO após 30 dias de uso do Glamigan® foi de 6,5mmHg. Em relação aos efeitos colaterais, 17 (26,6%) pacientes referiram hiperemia conjuntival, 10 (15,6%) a dor, 8 (12,5%) o ardor, 5 (7,8%) o prurido ocular e 2 (3,1%) o embaçamento visual. CONCLUSÃO: A medicação Glamigan® foi eficiente na redução da PIO após 30 dias de uso contínuo, na dose de 1x/dia. Acerca dos efeitos colaterais, os mais observados foram hiperemia ocular (26,6%) e dor (15,6%), porém estudos com maior tempo de seguimento dos pacientes se fazem necessários a fim de investigar a importância daqueles na terapia com o Glamigan®.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate how much decreases intraocular pressure (IOP) with bimatoprost 0,03% (Glamigan, Germed, Brazil) in patiens with primary open angle glaucoma (POAG) and ocular hypertension (OH) and possible side effects. Study: Controlled and randomized study. METHODS: There were evaluated 66 eyes of 35 patients with age of 18 years old or more diagnosed with POAG and OH. All the patients had Glamigan® as first drop for treatment used once daily (at night) and 30 days later they had IOP measured by Goldmann tonometry. RESULTS: The study population had 35 (66 eyes) patients with primary open angle glaucoma (POAG) and ocular hypertension (OH), 16 male patients (45,7%) and 19 female (54,3%). The mean age was 66,7 years old and the maximum was 84 years old. The mean decrease in IOP was 6,5 mmhg after 30 days using the drops. Seventeen patients had conjunctival redness (26,6%), 10 (15,6%) had pain, 8 (12,5%) had burning, 5 (7,8%) had itch and 2 (3,1%) had blurring vision. CONCLUSION: Glamigan® was efficient when evaluating IOP decrease. The most correlated side effects were conjunctival redness (26,6%) and pain (15,6%). We still need more studies to observe the real importance of those with Glamigan® therapy.
  • Perfil dos pacientes submetidos à reconstrução primária da cavidade orbitária com implante de Mules após enucleação e evisceração Artigos Originais

    Branco, Fernanda Carolina Exterhötter; Grumann Júnior, Astor

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Determinar o perfil clínico dos pacientes submetidos à reconstrução da cavidade orbitária com implante de Mules. MÉTODOS: Foi realizado um estudo epidemiológico com delineamento transversal, baseado na análise dos prontuários de pacientes submetidos à cirurgia de enucleação ou evisceração do globo ocular assistidos no Departamento de Plástica Ocular e Órbita do Hospital Regional de São José (HRSJ) entre dezembro de 1999 a dezembro de 2009. As variáveis utilizadas foram: idade, sexo, cirurgia realizada, indicação, tamanho do implante e complicações pós-operatórias associadas. RESULTADOS: A análise incidiu sob registros de 68 pacientes, com predomínio do gênero masculino (60,3%) cuja média de idade foi de 38,4 anos. Adultos jovens destacaram-se com a maior frequência de perda do globo ocular. As principais etiologias que cursaram com a enucleação ou evisceração do globo ocular foram trauma ocular, glaucoma, melanoma de coróide e phthisis bulbi. O trauma ocular apresentou maior prevalência no sexo masculino (p<0,01). As complicações pós-cirúrgicas com maior frequência foram expulsão ou extrusão do implante (20,6%) e retração de cavidade ocular (5,9%). CONCLUSÃO: As principais causas de perda do globo ocular foram trauma ocular, glaucoma, melanoma de coroide e phthisis bulbi. As complicações pós-cirúrgicas após implante de Mules foram expulsão ou extrusão do implante e retração de cavidade ocular. Os implantes de 15 e 16 mm apresentaram maior assiduidade e o tamanho da esfera não interferiu no risco de extrusão.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To access the patient's profile after enucleation or evisceration of ocular globe using mules implant. METHODS: An epidemiological study with a cross-sectional design was conducted, based on analysis of medical records of patients who underwent enucleation or evisceration of the eyeball assisted in the Department of Ocular Plastic and Orbit of the HRSJ from December 1999 to December 2009. The variables used were age, sex, surgery, indication, size of implant and postoperative complications associated. RESULTS: A total of 68 patients were analyzed. The mean age was 38,4 years and the most prevalent genre was male (60.3%). Young adults stood out with greater frequency of loss of the eyeball. The main etiologies presenting with enucleation or evisceration of the eyeball were ocular trauma, glaucoma, choroidal melanoma and phthisis bulbi. The ocular trauma was more prevalent in males (p<0.01). The postoperative complications more frequently were expulsion or extrusion of the implant (20.6%) and retraction of the orbital cavity (5.9%). CONCLUSION: The main causes of loss of the eyeball were ocular trauma, glaucoma, choroidal melanoma and phthisis bulbi. The postoperative complications after Mules´ implant were expulsion or extrusion of the implant and retraction of the orbital cavity. The implants 15 and 16 mm showed greater frequency and the size of the ball did not affect the risk of extrusion.
  • O uso de implantes orbitários de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular no reparo de cavidades anoftálmicas Artigos Originais

    Soranz Filho, João Edward; Mendes, Gustavo; Takahira, Regina Kiomi; Schellini, Silvana Artioli; Pellizzon, Cláudia Helena

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Alterações oculares, em especial a perda de volume nas cavidades evisceradas, promovem uma série de modificações ao paciente tanto funcional do órgão quanto psicológica e estética. Para tanto a procura de um material de baixo custo e com biocompatibilidade tem sido uma constante na literatura. Portanto, esse trabalho teve como objetivo testar experimentalmente implante de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular, material de baixo custo, em órbitas de coelhos submetidos à evisceração cirúrgica em vários tempos experimentais, onde foram avaliados aspectos macroscópicos e microscópicose de toxicidade sistêmica do material. MÉTODOS: Para esse estudo foram utilizados coelhos Oryctolaguscuniculus submetidos à evisceração do globo ocular direito e posteriormente implantados com esfera de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular e analisados por 15, 30, 90 e 180 dias pós-implante, com parâmetros macro, microscópios e bioquímicos. Os animais controles foram submetidos ao mesmo procedimento sem, entretanto a colocação do implante. RESULTADOS: Os resultados desse trabalho mostram que o material utilizado no implante de cavidade não apresenta alteração significativa nos parâmetros de peso e bioquímicos quando comparados ao grupo controle. O material implantado apresentou uma grande interação com o tecido do hospedeiro. CONCLUSÃO: Os resultados indicam que implante de polietileno granulado de alto peso molecular desenvolvido por uma indústria nacional tem alto potencial para se realizar testes em humanos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Ocular changes in special due to volume loss in eviscerated cavities promote several psychological aesthetic and functional alterations to patients. For this reason, searches aiming at finding a material of low cost and biocompatibility have been constantly carried out. Test experimentally the implants constituted of ultra-high molecular weight granular polyethylene oflow cost, in orbits of rabbits subjected to surgical evisceration in several experimental times, evaluating the macro and microscope aspects besides the systemic toxicity of the material. METHODS: In this study we eviscerated the right ocular globe of rabbits of the species Oryctolaguscuniculus, implanted posteriorly a sphere of granular polyethylene of ultrahigh molecular weight and analysed the effects through macro, micro and biochemical parameters during 15, 30, 90 and 180 days after implantation.The control group were submitted the same procedure without the implants. RESULTS: This paper shows that the material used in the cavity does not present significant alteration in the weight and in the biochemistry of the animal; a good assimilation (integration) of the material implanted by the tissue formed was observed inside the implant. CONCLUSION: The results indicate that ultra-high molecular weight granular polyethylene implant developed by a national industry presents excellent integration in the model used supporting further use in tests with humans.
  • Comparação entre dois sistemas de análise de topografia corneana Artigos Originais

    Kuntz, Joyce; Luz, Allan; Dalfré, Joyce Trenta; Oliveira, Daniel Simões de; Grupenmacher, Leon; Sousa, Luciene Barbosa de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar os dados topográficos de pacientes com ceratocone entre os sistemas de avaliação: Orbscan IIz® (Bausch & Lomb, Rochester, New York, USA) e Wavetek Chroma®. MÉTODOS: Foram avaliados em 29 pacientes com diagnóstico clínico e topográfico de ceratocone atendidos no Hospital Oftalmológico de Sorocaba em março de 2010. Para a comparação dos dados foram avaliados os índices dióptricos dos meridianos mais curvo e mais plano (Sim K) a 3 mm e 5 mm centrais da córnea e ceratometria máxima através dos topógrafos Orbscan IIz® e Wavetek Chroma®. RESULTADOS: Foram realizados exames em 58 olhos de 29 pacientes com ceratocone. Na avaliação da ceratometria máxima, o Orbscan IIz® registrou 79,31% olhos e o Wavetek Chroma® conseguiu captura em 100%. Nas áreas mais curvas, mais planas e suas médias a 5 mm do centro corneano, ocorreu diferença estatisticamente significante apenas na primeira variável (intervalo de confiança de 95%: -0,51 a -2,46, p=0,004), sendo que no Orbscan IIz® a ceratometria foi de 46,91 (desvio padrão: 2,92), enquanto que no Wavetek Chroma® foi 48,4 (desvio padrão: 4,48). CONCLUSÃO: O novo aparelho Wavetek Chroma® pode auxiliar na obtenção da imagem topográfica de pacientes com ceratocone quando não for possível com o Orbscan IIz® na medida da ceratometria máxima, meridiano mais plano e média a 5mm do centro corneano.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To compare topographic features of patients with keratoconus between two systems: Orbscan IIz® (Bausch & Lomb, Rochester, New York, USA) and Wavetek Chroma®. METHODS: Twenty-nine patients that were diagnosed with keratoconus based on clinical and topographic characteristics were evaluated on their visit to Ophthalmology Hospital of Sorocaba in March 2010. Topographic variables, like maximum and minimum keratometric readings (Sim K) within 3 and 5 mm of central zone, and maximum keratometry, were analyzed by Orbscan IIz® and Wavetek Chroma®. RESULTS: A total of 58 eyes of 29 patients with keratoconus were enrolled in this study. Considering maximum keratometry, Orbscan IIz® registered 79.31% eyes whrereas Wavetek Chroma® 100%. Analysing maximum and minimum keratometric readings and average at 5mm of central zone occurred a statistically significant difference at the first parameter (95% confidence limits: -0.51 to -2.46, p=0.004), the keratometric reading by Orbscan IIz® was 46.91 (standard deviation: 2.92), whereas Wavetek Chroma® was 48,4 (standard deviation: 4.48). CONCLUSION: The new instrument Wavetek Chroma® could help to map topographically eyes with keratoconus which could not be measured using the Orbscan IIz® at maximum keratometry, minimum keratometric and average reading at 5 mm of central zone.
  • Perfil epidemiológico de pacientes com catarata traumática no Hospital de Olhos do Paraná Artigos Originais

    Pereira, Maria Celina Salazar Rubim; Krieger, Michele Aparecida Lonardoni; Mariushi, Ana Cláudia; Moreira, Hamilton

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar os resultados anatômicos e visuais de pacientes com catarata traumática atendidos no Hospital de Olhos do Paraná, apresentando ou não alterações oculares associadas e que foram submetidos ao tratamento cirúrgico, além de traçar o perfil analisando tipo de trauma, relação entre ocupação e trauma, relação entre tipo de trauma e prognóstico visual, correlacionando acuidade visual (AV) pré e pós-operatória. MÉTODOS: Após minuciosa avaliação oftalmológica foram coletados os seguintes dados: sexo, idade, ocupação, tipo de trauma, AV pré e pós-tratamento, alterações oculares associadas e dos pacientes que foram submetidos à cirurgia as complicações pós-operatórias mais frequentes. RESULTADOS: Foram atendidos 45 pacientes com catarata traumática. Destes, 25 submeteram-se à cirurgia. A maioria dos pacientes era do sexo masculino (88%), sofreu trauma contuso (52%) e apresentou idade média de 43,16 anos, atingindo uma faixa etária economicamente ativa. Estes traumas foram classificados como: laboral (14), recreacional, doméstico e automobilístico. Subluxação de cristalino foi a alteração ocular associada mais observada. Vinte e dois pacientes (88%) apresentaram visão inicial ≥ 20/400, entre os submetidos à cirurgia, 64% apresentaram melhor acuidade visual corrigida pela tabela de Snellen (MAVC) ≤ 20/40. Opacidade cápsula posterior foi a complicação pós-operatória mais frequente. CONCLUSÃO: O perfil dos pacientes atendidos, no HOP, com catarata traumática é, na grande maioria, homens com idade média de 43 anos, vítimas de trauma contuso ocorridos quando desenvolviam atividades laborais, expostos ao risco de acidente sem equipamentos de proteção, atingindo principalmente agricultores, pedreiros e serralheiros. Esses, após o tratamento cirúrgico apresentaram melhora significativa da visão.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the anatomic and the visual results of patients with traumatic cataract who sought care in Hospital de Olhos do Paraná (HOP), that were subjected to surgical treatment in this service. To describe their epidemiological and clinical aspects, and to analyze the post operative functional results. METHODS: There were included in the study all patients subjected to a surgical treatment and the following characteristics were analyzed: sex, age, pre and postoperative visual acuity, mechanism of trauma, associated ocular alterations and most frequent postoperative complications. RESULTS: Forty five patients were treated with clinical diagnosis of traumatic cataract during the study period. From the total, 25 were submitted the surgical treatment. The majority of patients were male (88%), a history of blunt trauma could be ascertained (52%) middle age 43±16 years reaching an economically active group. Manual laborers were the most frequent (14), followed by recreational accidents, home accidents and automobilistic accidents. Traumatic subluxation lens were the most frequent ocular alterations associated. Twenty two patients (88%) presented pre-operative visual acuity ≥ 20/400. Among the patients that were submitted to cataract surgery, 64% showed better visual acuity corrected by table of Snellen ≤ 20/40. Cause of poor post operative visual acuity posterior capsule opacity CONCLUSION: In this study, the majority of patients were male, with mean age of 43±16 years and victims of blunt trauma during their job without equipments of protection, reaching principally farmers, masons and locksmiths. It was observed a clear improvement of postoperative visual acuity among these patients.
  • Cirurgia combinada de catarata e glaucoma com ponto escleral perilímbico: técnica cirúrgica e resultados a longo prazo Artigos Originais

    Násser, Luciano Sólia; Santos Neto, Pedro Eleutério dos; Paranaíba, Lívia Máris Ribeiro; Ribeiro, Luciana dos Mares Guia; Figueiredo, Luciano Pimenta de; Martelli Júnior, Hercílio

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar os resultados da cirurgia combinada de catarata e glaucoma (FACO-TREC) e apresentar a técnica com o ponto escleral perilímbico. MÉTODOS: Estudo retrospectivo por levantamento de prontuários com informações sobre a pressão intraocular, acuidade visual, medicação hipotensora antes e depois da cirurgia e descrição do ato cirúrgico combinado (FACO-TREC), com acompanhamento mínimo de seis meses. Foram selecionados 10 pacientes com glaucoma e catarata (15 olhos), acompanhados de janeiro de 2005 a junho de 2007, no Departamento de Glaucoma da Santa Casa Olhos de Montes Claros (MG). A cirurgia de TREC utilizada foi a de base fórnix, sem uso de Mitomicina C, com a incisão principal da cirurgia de catarata realizada no mesmo sítio da TREC. A confecção do ponto escleral perilímbico se dá como uma sutura que se inicia na esclera nua, passa por cima do retalho escleral e é ancorada na esclera do outro lado do retalho. A conjuntiva é suturada com pontos simples por sobre o ponto. RESULTADOS: A acuidade visual, após seis meses da cirurgia mostrou-se melhor em 86,6% (13) dos olhos, inalterada em 6,66% (1 olho) e pior em 6,66%. A pressão intraocular média pré-operatória foi de 18,02 mmHg, a pós-operatória após 6 meses foi de 15,06 mmHg. Cinquenta por cento dos olhos operados ficaram livres dos colírios. CONCLUSÃO: Conclui-se que o ponto escleral perilímbico apresentou resultados favoráveis na obtenção de uma melhora na acuidade visual, redução da pressão intraocular e uma diminuição significativa no uso de drogas hipotensoras à custa de um número muito pequeno de complicações.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To analyze the results of combined cataract and glaucoma surgery and to present the technique with scleral peri-limbic suture. METHODS: Retrospective study with review of the data about intraocular pressure, visual acuity, antihypertensive medication before and after surgery and description of the combined surgery technique, with follow up of six months. We selected 10 patients with glaucoma and cataract (15 eyes) followed up from January 2005 to June 2007 from Santa Casa Olhos de Montes Claros (MG). The glaucoma surgery was fornix-based, without use of mitomycin C, with the main cataract surgery incision performed on the same site The preparation of the scleral peri-limbic suture is given as a suture that begins on bare sclera, passes over the scleral flap and is anchored in the sclera on the other side of flap. The conjunctiva is sutured over the peri-limbic point. RESULTS: The visual acuity after six months of surgery was better in 86.6% of eyes, unchanged in 6.66% (one eye) and worse in 6.66. The mean preoperative IOP was 18.02 mmHg, after six postoperative months was 15.06 mmHg. Fifty percente of the eyes were free of eye drops. CONCLUSION: We conclude that scleral limbic suture showed favorable results in obtaining an improvement in visual acuity, reduction of intraocular pressure and a significant decrease in the use of hypotensive drugs at the expense of a very small number of complications.
  • Biomicroscopia ultrassônica na viscocanalostomia Artigos Originais

    Ribeiro, Lígia Maria Fernandes; Meira, Dália Maria Martins; Saraiva, Eduardo Marinho; Sequeira, Joaquim Fernando de Oliveira; Agrelos, Luís Manuel de Sousa Pinto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estudar por biomicroscopia ultrassônica (UBM) de alta frequência as características anatômicas da viscocanalostomia, e a relação dessas características com a redução da pressão intraocular. MÉTODOS: Estudo transversal, que incluiu nove olhos (sete pacientes) submetidos à viscocanalostomia, e posteriormente examinados por UBM de alta frequência (80 MHz). Os parâmetros da UBM avaliados após um follow-up mínimo de seis meses foram: presença de espaço intraescleral, comprimento e altura máximos do espaço intraescleral, e a espessura mínima da membrana trabéculo-descemética (MTD) residual. O sucesso cirúrgico definiu-se como pressão intraocular (PIO) <22mmHg ou redução de 20% da PIO sem medicação tópica. Possíveis associações entre as variáveis da UBM e o resultado cirúrgico foram avaliados. RESULTADOS: O tempo médio entre a cirurgia e a realização da UBM foi de 15,5 ± 8,8 meses (6 - 29 meses). Verificou-se uma redução da PIO de 23,5 ± 6,9 mmHg (13,7-32,0) pré-operatória para 14,5 ± 2,4 mmHg (10,7-17,3) pós-operatória (p<0,05). Identificou-se a presença de espaço intraescleral em todos os olhos. A média do comprimento máximo do espaço intraescleral era 1,83 ± 0,51mm; a média da altura máxima do espaço intraescleral era 0,36 ± 0,17mm; e a média da espessura mínima da MTD era 0,14 ± 0,07mm. Não foram encontradas correlações significativas entre o valor da PIO pós-operatória e o comprimento do espaço intraescleral (r²=0,359), a altura do espaço intraescleral (r²=0,017) e a espessura da MTD (r²=0,003). CONCLUSÃO: Em pacientes submetidos à viscocanalostomia, a UBM após um follow-up mínimo de seis meses identificou o espaço intraescleral em todos os olhos. Não se encontrou qualquer correlação estatisticamente significativa entre os valores de PIO pós-operatória e as características anatômicas do espaço intraescleral.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To evaluate by high frequency ultrasound biomicroscopy (UBM) the anatomical characteristics of viscocanalostomy and their relationship with the intraocular pressure (IOP) lowering. METHODS: A transversal study which included 9 eyes (7 patients) undergoing viscocanalostomy and examined by high frequency UBM (80 MHz). Several UBM variables were evaluated, including the presence of the intrascleral space, the maximum length and height of the intrascleral space and the minimum thickness of residual trabeculo-Descemet membrane (TDM). Surgical success was considered to be achieved when IOP was <22mmHg or the IOP was lowered 20% or more without the use of any medication. The possible association between UBM variables and the surgical outcome was determined. RESULTS: The mean time between surgery and the UBM examination was 15.5 ± 8.8 months (range 6-29). The mean IOP decreased from a preoperative value of 23.5 ± 6.9 mmHg (range 13.7-32.0) to 14.5 ± 2.4 mmHg (range 10.7-17.3) postoperative (p<0.05). The presence of an intrascleral space was a constant finding. The mean length of the intrascleral space was 1.83 ± 0.51mm, the mean height was 0,36 ± 0,17mm; and the mean TDM thickness was 0.14 ± 0.07mm. There were a poor correlation between the level of IOP at the time of UBM and the lenght of the intrascleral space (r²=0.359), the height of the intrascleral space (r²=0.017) or the thickness of the remaining TDM (r²=0.003). CONCLUSION: In patients undergoing viscocanalostomy, UBM examination after a minimum of 6-month follow-up period showed the presence of an intrascleral space in all patients. There was no statiscally significant relationship between the level of IOP and the anatomical characteristics of the intrascleral space.
  • Síndrome ocular isquêmica simulando retinopatia diabética unilateral: relato de caso e revisão da literatura Relato de Caso

    Moura, Frederico Castelo; Takahashi, Vitor Kazuo Lotto; Minelli, Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    A síndrome ocular isquêmica (SOI) ocorre devido à hipoperfusão ocular crônica secundária à obstrução da artéria carótida. O quadro clínico inclui, entre outros, retinopatia proliferativa similar a retinopatia diabética. A SOI deve ser considerada principalmente nas retinopatias proliferativas unilaterais ou muito assimétricas e nos casos refratários ao tratamento por fotocoagulação. A indicação da endarterectomia nos pacientes com SOI isolada não é bem definida. Este trabalho relata uma paciente com SOI simulando retinopatia diabética proliferativa unilateral e tratada por endarterectomia.

    Abstract in English:

    Ischemic ocular syndrome (IOS) is caused by stenosis of carotid artery. Proliferative retinopathy is one of the signs and can lead to misdiagnosis with diabetic retinopathy. IOS must be considered in case of proliferative retinopathy asymmetric and refractory to laser treatment. Carotid endarterectomy in patients with IOS with no neurologic manifestations remains controversy. This paper reported a patient with IOS simulating diabetic retinopathy and treated with endarterectomy.
  • Complicações da blefaroplastia superior Relato de Caso

    Artioli, Silvana Schellini; Valezi, Vanessa Grandi; Passos, Walberto

    Abstract in Portuguese:

    A blefaroplastia tem sido realizada com grande frequência devido à valorização da cirurgia estética. As complicações relacionadas a este procedimento são raras. Este relato de caso tem como objetivo enfatizar um tipo de complicação que pode ocorrer. T.J.S.P., 45 anos de idade, sexo feminino, branca, procedente de Botucatu, apresentava dermatocálase bilateral. Optou-se pela realização de blefaroplastia superior bilateral, realizada removendo-se pele e gordura da pálpebra superior. No pós-operatório foi observado ptose palpebral à esquerda. Optou-se pela cirurgia para reinserção do músculo levantador da pálpebra superior à esquerda. Um mês após a reinserção, observou-se retração palpebral superior nos dois olhos. A paciente foi, então, submetida à cirurgia para a correção de retração palpebral por desinserção do músculo de Müller. Dois meses após esta última cirurgia, a paciente apresentava ptose palpebral à direita e piora da retração palpebral à esquerda. Nova cirurgia para correção da retração palpebral foi feita, colocando-se enxerto livre de esclera para alongamento do levantador da pálpebra superior esquerda, com bom resultado. Foi apresentada uma paciente submetida à blefaroplastia e que desenvolveu no pós-operatório quadro de ptose, seguida de retração palpebral. Estes dois quadros podem ocorrer como complicação de blefaroplastia e o cirurgião deve estar atento para manejar de forma apropriada, a fim de obter o resultado que a paciente espera ter.

    Abstract in English:

    The blepharoplasty has been performed with great frequency due to the appreciation of aesthetic surgery. The complications related to this procedure are rare. This case report aims to emphasize complications that can occur. T.J.S.P., 45 years old, female, white, resident of Botucatu City, presented dermatocalase bilaterally. We opted to perform upper blepharoplasty bilateral, by removing skin and fat of the upper eyelid. In the postoperative period was observed left eyelid ptosis. We decided to reinsert the levator muscle of the left upper eyelid. One month after the ptosis correction, retraction was observed in both upper eyelid. The patient was then submitted to surgery for the correction of eyelid retraction by disinsertion of the muscle of Muller. Two months after this last surgery, the patient presented right eyelid ptosis and worsening of eyelid retraction to the left. New surgery for correction of the eyelid retraction was made, using free graft sclera for elongation of the left eyelid levator muscle, with good results. The authors presented a patient who underwent a blepharoplasty and developed ptosis in the post-operative period, followed by eyelid retraction. These two possibilities may occur as a complication of blepharoplasty and the surgeon must be careful to handle in an appropriate way, in order to get the result that the patient expects to have.
  • Melanose primária adquirida associada a erosões epiteliais recorrentes da córnea Relato de Caso

    Tanure, Marco Antonio Guarino; Vigneron, Deborah Filgueiras de Menezes; Pedrosa, Moisés Salgado

    Abstract in Portuguese:

    Relato de caso de melanose primária adquirida unilateral em paciente do sexo feminino, de 59 anos, com cerca de quatro anos de evolução, associada a episódios de erosões recorrentes do epitélio corneano. A paciente foi submetida à exerese cirúrgica da conjuntiva alterada, ceratectomia superficial e uso de mitomicina-C tópica no pós-operatório. O exame anatomopatológico confirmou o diagnóstico de melanose primária adquirida, com atipias nucleares discretas a moderadas. Um ano após a cirurgia, a paciente não apresentou novos episódios de erosões recorrentes do epitélio corneano, sendo mantida apenas com o uso noturno de pomada lubrificante.

    Abstract in English:

    A case report of a 59 years old woman who has had ocular primary melanosis for four years, associated with episodes of corneal epithelial recurrent erosions. The patient underwent resection of the affected conjunctiva, superficial keratectomy and topical mitomicin C after the surgery. The pathologic examination confirmed the diagnosis of primary acquired melanosis, with mild to moderate nuclear atypia. One year after the treatment, she had only a small area of pigmented epithelium located in the lower corneal surface, showing no tendency to progression. She used lubricant ointment at night and did not have other epithelial erosions during the follow-up period.
  • Lentes fácicas de câmara anterior Artigo de Revisão

    Nosé, Walton; Forseto, Adriana dos Santos

    Abstract in Portuguese:

    Os implantes em olhos fácicos apresentam-se como uma opção para a correção de altas ametropias. De acordo com sua localização podem ser classificados como de câmara anterior ou posterior, sendo que os primeiros subdividem-se em fixação iriana ou de suporte angular. Além da correção da miopia, as lentes de fixação iriana apresentam modelos para hipermétropes e astigmatas. Várias modificações no desenho das lentes foram propostas nas últimas décadas com a finalidade de reduzir complicações tardias, como a perda endotelial progressiva. Cuidados no intraoperatório devem ser tomados de forma a diminuir a perda endotelial aguda relacionada ao trauma. Avanços nos métodos de triagem pré-operatória também melhoraram a segurança do procedimento. A estimativa do poder dióptrico é baseada nos cálculos de Van der Heijde, sendo dependente da profundidade de câmara anterior, do equivalente esférico da refração e da média ceratométrica. Resultados a longo prazo demonstram a eficácia, previsibilidade e segurança do procedimento. Dependendo do modelo, além da possibilidade de perda endotelial, outras possíveis complicações incluem: irite, dispersão pigmentar, atrofia de íris, ovalização pupilar, rotação, descentração ou deslocamento da lente, hipertensão ocular e bloqueio pupilar. Modelos dobráveis atualmente disponíveis vêm apresentado resultados bastante promissores com redução da taxa de complicações.

    Abstract in English:

    The phakic intraocular lenses (pIOLs) are a good option for the correction of high refractive errors. According to their anatomical position there are two types of pIOLs: anterior or posterior chamber. The anterior chamber pIOL may be iris-fixated or angle-supported. The iris-fixated pIOLs are available not only for myopia correction, but also for hyperopia and astigmatism. During the last decades many modifications on the pIOLs designs were proposed in order to reduce late complications, such as progressive endothelial cell loss. Acute endothelial cell trauma related to the surgical procedure may be minimized with proper intraoperative care. Advances in the preoperative screening methods have improved the safety of the procedure. Estimation of the pIOL power is based on the van der Heijde calculations and is dependent on the anterior chamber depth, the spherical equivalent and the mean keratometric values. Long-term results show the efficacy, predictability and safety of the procedure. According to the type of the pIOL, complications other than endothelial cell loss include iritis, pigment dispersion, iris atrophy, pupil ovalization, pIOL rotation, decentration or dislocation, intraocular pressure elevation and pupillary block glaucoma. Foldable models actually available show promising results with lower complication rate.
Sociedade Brasileira de Oftalmologia Rua São Salvador, 107 , 22231-170 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: (55 21) 3235-9220, Fax: (55 21) 2205-2240 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rbo@sboportal.org.br