Corpo estranho na nasofaringe: a propósito de um caso

Foreign body in nasopharynx: regarding a case

Fernando P. G. Sobrinho Alena M. B. Jardim Iara C. de Sant'Ana Hélio A. Lessa Sobre os autores

A ingestão acidental de corpo estranho constitui um problema comum nas unidades de emergência e pronto atendimento, principalmente em crianças. Embora raro, um corpo estranho supostamente deglutido ou aspirado pode ser projetado e impactar-se na nasofaringe, existindo, a respeito, alguns relatos de caso na literatura. O exame clínico e o estudo radiológico de rotina podem não evidenciar qualquer anormalidade. Portanto, neste relato de caso, os autores recomendam a realização de radiografia do cavum e/ou a visualização da rinofaringe, executada com cautela, utilizando-se o espelho de García, telescópio tipo Hopkins ou naso-fibroscópio flexível nos casos em que a radiografia cervical não evidenciar adequadamente a nasofaringe, sendo a visualização instrumental particularmente importante na presença de corpo estranho radiotransparente. O diagnóstico precoce se impõe, haja vista a possibilidade de significativas complicações.

corpo estranho; nasofaringe; laringe; radiografia do pescoço


ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Av. Indianápolis, 740, 04062-001 São Paulo SP - Brazil, Tel./Fax: (55 11) 5052-9515 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@aborlccf.org.br