Rinoplastia aberta

Open rhinoplasty

Introdução: A rinoplastia aberta teve início na década de 1930; em 1956 Secer publicou pela primeira vez a técnica de rinoplastia aberta, porém esta ganhou crédito a partir de 1972 com Padovan na América do Norte. As indicações da rinoplastia aberta são: nariz sem projeção da cartilagem da ponta ou que requer avanço funcional da cartilagem nasal; laterorinia; nariz traumático; casos de rinoplastia secundária; deformidades congênitas incluindo fenda labial; valvuloplastia nasal e aprendizado da rinoplastia. Forma de estudo: Clínico, retrospectivo. Material e método: Os autores realizaram um estudo retrospectivo de 16 pacientes submetidos à rinoplastia aberta, demonstrando suas indicações, vantagens e desvantagens. A rinoplastia aberta permite a manipulação global das estruturas nasais e suas correções, demonstrando ser uma técnica de simples manipulação e fácil aprendizado. Conclusão: Neste estudo não foram observadas complicações pós-operatórias relacionadas à técnica de rinoplastia aberta.

rinoplastia; rinopastia aberta; indicações; cirurgia


ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Av. Indianápolis, 740, 04062-001 São Paulo SP - Brazil, Tel./Fax: (55 11) 5052-9515 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@aborlccf.org.br