Accessibility / Report Error

Apatia na doença de Alzheimer

Apathy in Alzheimer's disease

Antônio Lúcio Teixeira-Jr Paulo Caramelli Sobre os autores

Apatia é a mais comum síndrome neuropsiquiátrica na doença de Alzheimer, afetando entre 30 e 60% dos pacientes. Pode ser definida como perda de motivação e se manifesta com alterações afetivas, cognitivas e comportamentais, determinando, respectivamente, redução da resposta emocional, perda de autocrítica e retração social. Nesse artigo, são apresentadas as características clínicas da síndrome apática e suas perspectivas terapêuticas. Conclui-se que há uma superposição considerável entre apatia e depressão na doença de Alzheimer, mas ambas as condições são consideradas síndromes independentes. Intervenções farmacológicas para apatia incluem psicoestimulantes, como o metilfenidato, agentes dopaminérgicos e inibidores de colinesterase; mas os resultados são controversos e não há tratamento estabelecido.

Doença de Alzheimer; Comorbilidade; Apatia; Depressão; Terapia combinada


Associação Brasileira de Psiquiatria Rua Pedro de Toledo, 967 - casa 1, 04039-032 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5081-6799, Fax: +55 11 3384-6799, Fax: +55 11 5579-6210 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editorial@abp.org.br