Apresentação

Apresentação

Em algum momento da vida, 15% a 20% da população apresentará depressão, que deve ser encarada como um problema de saúde pública em todo o mundo e considerada como um dos distúrbios que merecem prioridade de diagnóstico e tratamento por médicos e outros profissionais da saúde. Um grande estudo da Organização Mundial de Saúde sobre o "Impacto das Doenças Globais" reconheceu a depressão como uma das doenças que ocasionam maior comprometimento e sofrimento, provavelmente a segunda causa entre todas as outras condições de "incapacidade ajustada aos anos de vida". Os custos diretos (diagnóstico e tratamento) e indiretos (perda de produtividade no trabalho, mortalidade por suicídio) são imensos, assim como o sofrimento que gera nos indivíduos e suas famílias.

Este é o primeiro suplemento da Revista Brasileira de Psiquiatria após as transformações implementadas pelo novo grupo de editores. Achamos extremamente bem-vindo aos membros da ABP e da APAL um suplemento de atualização no diagnóstico e tratamento das depressões, tendo em vista os estudos recentes apontando para alta prevalência desses transtornos no Brasil e na América Latina, assim como a recente e constante introdução de novos tratamentos antidepressivos. Esse dados, por si só, levam a uma necessidade de constante atualização.

Sendo assim, decidimos organizar um suplemento que abordasse os aspectos diagnósticos, epidemiológicos, fisiopatológicos, bem como uma atualização no tratamento farmacológico e dos estudos de psicoterapia que utilizaram rigorosa metodologia de pesquisa. Convidamos colegas de vários centros acadêmicos do Brasil e especialistas nos temas abordados para fazer uma revisão crítica da literatura, além de enfatizar conceitos e condutas úteis na prática clínica do dia-a-dia. Achamos que através do conhecimento aqui colocado nossos colegas do Brasil e da América Latina poderão se atualizar no tema e utilizar esse conhecimento na sua prática clínica.

Estamos caminhando para um novo milênio na esperança de que, com o desenvolvimento das neurociências e da biologia molecular, e uma maior aplicação desses conhecimentos à psicopatologia, seja possível um aperfeiçoamento na classificação dos diversos subtipos e o desenvolvimento de terapêuticas mais específicas e eficazes para as depressões. Enquanto aguardamos tal progresso, esperamos que os dados aqui contidos possam beneficiar os nossos colegas e principalmente nossos pacientes.

Beny Lafer

José Alberto Del Porto

editores

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Jun 2000
  • Data do Fascículo
    Maio 1999
Associação Brasileira de Psiquiatria Rua Pedro de Toledo, 967 - casa 1, 04039-032 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5081-6799, Fax: +55 11 3384-6799, Fax: +55 11 5579-6210 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editorial@abp.org.br
Accessibility / Report Error