Validade de um procedimento para indução de frustração

Elaine Henna Monica L Zilberman Valentim Gentil Clarice Gorenstein Sobre os autores

OBJETIVO: Testar um procedimento de indução de frustração confiável e de simples aplicação para a pesquisa experimental. MÉTODO: Cem voluntários (81 mulheres, idade média ± DP 34,2 ± 8 anos), física e psiquiatricamente saudáveis, submetidos ao procedimento de indução de frustração, foram impedidos de atingir escores de recompensa. Os sentimentos de agressividade subjetivos relacionados à frustração foram autoclassificados em um escala analógica visual de 13 itens antes e após o procedimento. RESULTADOS: Foram detectados aumentos significativos nos sentimentos relacionados à agressividade em 12 dos 13 itens. Isto foi consistente com o comportamento manifestado pelos indivíduos e observado durante a tarefa. CONCLUSÕES: O procedimento de indução de frustração é simples, facilmente aplicável e que pode ser utilizado em estudos experimentais com indivíduos normais.

Estudos de avaliação; Emoções manifestas; Emoções; Frustração; Irritabilidade


Associação Brasileira de Psiquiatria Rua Pedro de Toledo, 967 - casa 1, 04039-032 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5081-6799, Fax: +55 11 3384-6799, Fax: +55 11 5579-6210 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editorial@abp.org.br