Armazenamento de sementes de Myracrodruon urundeuva Fr. All. em diferentes embalagens e ambientes

Storage of Myracrodruon urundeuva Fr. All. seeds in different packaging and environments

Myracrodruon urundeuva Fr. All. é uma espécie pertencente à família Anacardiaceae, cuja planta pode ser utilizada como medicinal, na indústria de curtimento de couro, na arborização de ruas e praças, produzindo madeira de grande resistência mecânica. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi determinar as melhores condições e períodos de armazenamento para conservação da viabilidade e vigor das sementes de M. urundeuva. As embalagens utilizadas para acondicionamento das sementes foram sacos de papel Kraft, algodão e de polietileno transparente, bem como folhas de papel alumínio. Em seguida as sementes foram armazenadas em ambiente natural de laboratório (25 ± 2ºC), freezer (-20 ± 2ºC), câmara fria (8 ± 2ºC) e geladeira (6 ± 2ºC). Em intervalos pré-determinados (0, 30, 60, 90, 120, 150, 180, 210 e 240 dias) avaliou-se o teor de água das sementes, porcentagem de emergência, índice de velocidade de emergência, comprimento e massa seca de plântulas. No ambiente de laboratório não houve conservação do vigor das sementes de M. urundeuva. A melhor condição para conservação de sementes de M. urundeuva foi obtida com o acondicionamento em sacos de papel Kraft, pano de algodão, plástico ou papel alumínio e manutenção em geladeira ou freezer, podendo também ser conservadas embaladas em papel ou alumínio, quando estocadas em câmara fria, por 240 dias. Alteração no vigor de sementes dessa espécie é primeiramente identificada pela redução da velocidade de emergência.

aroeira-do-sertão; emergência; vigor; conservação; planta medicinal


Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais CPQBA - UNICAMP, Divisão de Agrotecnologia - CPQBA, 13148-218 Paulínia- SP-Brasil, Tel. (55 19) 2139-2891, Fax: (55 19) 2139-2852 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: rbpm.sbpm@gmail.com