Accessibility / Report Error

Avaliação da eficácia de taboa (Typha domingensis Pers.) e batata-de-purga [Operculina hamiltonii (G. Don) D.F. Austin & Staples] in natura sobre nematóides gastrintestinais de caprinos, naturalmente infectados, em clima semi-árido

Evaluation of the effectiveness of "taboa" (Typha domingensis Pers.) and "batata-de-purga" [Operculina hamiltonii (G. Don) D.F. Austin & Staples] in natura on gastrointestinal nematodes of goats, naturally infected, in the semi-arid region

Avaliou-se a eficácia da Typha domingensis (taboa) e da Operculina hamiltonii (batata-de-purga) in natura sobre nematóides gastrintestinais de caprinos, naturalmente infectados, em clima semi-árido. Foram utilizados 30 caprinos da raça Moxotó, e o rizoma da taboa e a raiz da batata-de-purga, avaliados através da fitoquímica. As fezes foram coletadas nos dias zero, sete e 25, após, o tratamento da contagem de OPG. Os animais foram distribuídos inteiramente ao acaso, com cinco tratamentos e seis repetições. Grupo I tratado com Moxidectina 0,2% em dose única de 0,5 mg Kg-1; o Grupo II tratado com Taboa na dose (10 g 20 Kg-1 peso vivo); Grupo III com batata-de-purga na dose de 9 g 20 Kg-1 p.v.; Grupo IV tratado com taboa 10 g 20 Kg-1 p.v. associada a batata 9 g 20 Kg-1 p.v. durante três dias consecutivos, todos administrados oralmente e o Grupo V como grupo controle. Os grupos tratados apresentaram redução no número médio de OPG aos 7 e 25 dias pós-tratamento, quando comparado com o grupo controle no respectivo período, sendo a batata-de-purga com maior redução aos 7 e a taboa aos 25 dias. A maior eficácia foi da batata-de-purga de 84% e 70%, nos dias 7 e 25 pós-tratamento. Verificou-se que a batata-de-purga foi eficaz no controle de nematóides gastrintestinais de caprinos no clima semi-árido e que a taboa associada com a batata tem potencial para serem utilizadas em programas alternativos de controle parasitário.

anti-helmínticos; caprinos; in natura; raiz; rizoma


Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais, Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Farmácia, Bloco T22, Avenida Colombo, 5790, 87020-900 - Maringá - PR, Tel: +55-44-3011-4627 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: revista@sbpmed.org.br