"Ferveu, queimou o ser da erva": conhecimentos de especialistas locais sobre plantas medicinais na região Sul do Brasil

"Ferveu, queimou o ser da erva": knowledge of local experts on medicinal plants in Southern Brazil

O objetivo desta pesquisa foi realizar levantamento etnobotânico sobre o conhecimento e uso de plantas medicinais por especialistas locais na comunidade do Lami, situada na região sul de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A metodologia envolveu a aplicação de entrevistas semi-estruturadas e excursões guiadas. Para cada citação as seguintes informações foram registradas: nome botânico e vernacular, uso terapêutico, parte da planta utilizada, preparação e forma de administração. Foi calculado o valor de uso e a porcentagem de concordância quanto aos usos principais corrigida para cada planta citada, bem como o fator de consenso entre informantes para as diferentes categorias de doenças consideradas. Registrou-se o conhecimento sobre 141 espécies medicinais, pertencentes a 63 famílias botânicas. O conhecimento dos especialistas é bastante amplo e inclui o uso de plantas nativas e exóticas quase na mesma proporção. As plantas medicinais representam uma importante alternativa terapêutica na comunidade estudada. O uso associado das medicinas tradicional e convencional, bem como as formas de transmissão e conservação do conhecimento são também discutidos neste artigo.

etnobotânica; medicina popular; Porto Alegre; conhecimento local


Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais CPQBA - UNICAMP, Divisão de Agrotecnologia - CPQBA, 13148-218 Paulínia- SP-Brasil, Tel. (55 19) 2139-2891, Fax: (55 19) 2139-2852 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: rbpm.sbpm@gmail.com