Metazoários parasitos do Mandi-amarelo Pimelodus maculatus e do Jundiá Rhamdia quelen(Osteichthyes: Siluriformes) do Rio Paraíba do Sul, Volta Redonda, Rio de Janeiro

Aline Cristine Pinto Venancio Gesilene Ribeiro de Aguiar Patrícia da Silva Lopes Dimitri Ramos Alves Sobre os autores

Quarenta e um espécimes do mandi-amarelo Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 (Siluriformes: Pimelodidae) e 54 espécimes do jundiá Rhamdia quelen (Quoy & Gaimard, 1824)(Siluriformes: Heptapteridae) foram coletados no Rio Paraíba do Sul, Volta Redonda, Estado do Rio de Janeiro, entre novembro de 2007 e outubro de 2008. Os peixes foram necropsiados para o estudo das suas infracomunidade de metazoários parasitos. Foram coletadas as mesmas três espécies de metazoários parasitos nas duas espécies de peixes estudadas. Estes foram um monogenético, um nematóide e um hirudíneo. Cucullanus pinnai (Travassos, Artiga e Pereira, 1928) (Nematoda: Cucullanidae) e Aphanoblastella sp. (Monogenea: Dactylogyridae) foram as espécies dominantes com os maiores valores de prevalência em P. maculatus e R. quelen, respectivamente. As espécies de parasitos de P. maculatus e R. quelen apresentaram típico padrão de distribuição superdispersa. Nenhum parasito apresentou correlação significativa entre o comprimento total dos siluriformes estudados e a prevalência e abundância parasitária. A riqueza parasitária apresentou média de 0,87 ± 0,67 (0 - 2) e 0,57 ± 0,56 (0 - 2) em P. maculatus e R. quelen, respectivamente, e sem correlação com o comprimento total dos hospedeiros.

Pimelodus maculatus; Rhamdia quelen; metazoários parasitos; Rio Paraíba do Sul; Volta Redonda


Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária FCAV/UNESP - Departamento de Patologia Veterinária, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Zona Rural, , 14884-900 Jaboticabal - SP, Brasil, Fone: (16) 3209-7100 RAMAL 7934 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: cbpv_rbpv.fcav@unesp.br