Parasitóides de dípteros muscóides coletados no matadouro Alvorada em Itumbiara, sul de Goiás, Brasil

Parasitoids of muscoids diptera collected at Alvorada slaughterhouse in Itumbiara, south of Goiás, Brazil

Carlos H. Marchiori Alexandre S Leles Selma A. De Carvalho Renata F. Rodrigues Sobre os autores

Espécies de parasitóides associados com moscas sinantrópicas foram coletadas com auxílio de iscas de fígado bovino no matadouro Alvorada em Itumbiara, Estado de Goiás, de março a dezembro de 2005. As pupas foram removidas da areia, após usar iscas de fígado como substrato para atrair as moscas. Elas foram individualizadas em cápsulas de gelatina até a emergência dos adultos de moscas ou de seus parasitóides. A prevalência total de parasitismo foi 15,3%. A freqüência absoluta, porcentagem e espécies de parasitóides coletados foram: 205 exemplares (2,3%) de Aphaereta sp., 173 (80,0%) de Brachymeria podagrica, 578 (15,7%) Nasonia vitripennis, um (0,5%) de Pachycrepoideus vindemmiae, dois (0,9%) de Spalangia sp. e um (0,5%) de Trybliographa sp. A porcentagem de parasitismo apresentada pelos parasitóides de Aphaereta sp., B. podagrica, N. vitripennis, P. vindemmiae, Spalangia sp., e Trybliographa sp. foi de 0,4%, 12,3%, 2,4%, 0,1%, 0,1% e 0,1%, respectivamente. As espécies de dípteros parasitados foram: Chrysomya albiceps, C. megacephala, Musca domestica, Oxysarcodexia thornax, Peckia chrysostoma e Sarcodexia lambens.

Diptera; Hymenoptera; natural enemy; traps; baits


Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária FCAV/UNESP - Departamento de Patologia Veterinária, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Zona Rural, , 14884-900 Jaboticabal - SP, Brasil, Fone: (16) 3209-7100 RAMAL 7934 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: cbpv_rbpv.fcav@unesp.br