Carrapatos em animais selvagens em um resort e o primeiro registro de Amblyomma sculptum infestando Emu (Dromaius novaehollandiae)

Izabela Mesquita Araújo Paulo Cesar Magalhães-Matos Matheus Dias Cordeiro Adlilton Pacheco Bruno Silva Rocha Luis Felipe Barbosa Braga Feitoza Argemiro Sanavria Adivaldo Henrique Fonseca Sobre os autores

Resumo

O estudo teve como objetivo identificar espécies de carrapatos presentes no ambiente e entre animais de cativeiro em Mangaratiba, Rio de Janeiro, Brasil. Os carrapatos foram removidos manualmente de animais de cativeiro e no ambiente usando a técnica de arrasto em flanela. Um total de 91 carrapatos foram capturados (51 adultos, 25 ninfas e 15 larvas). Os espécimes foram identificados morfologicamente como Amblyomma sp., Amblyomma dubitatum, Amblyomma ovale e Amblyomma sculptum, e foram distribuídos entre cinco espécies de mamíferos nativos e uma ave exótica. Este estudo também relata o primeiro caso de infestação do emu australiano (Dromaius novaehollandiae) por A. sculptum .

Palavras-chave:
Carrapatos; Amblyomma; animais selvagens; Rio de Janeiro; Brasil

Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária FCAV/UNESP - Departamento de Patologia Veterinária, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Zona Rural, , 14884-900 Jaboticabal - SP, Brasil, Fone: (16) 3209-7100 RAMAL 7934 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: cbpv_rbpv.fcav@unesp.br