Febre reumática: atualização dos critérios de Jones à luz da revisão da American Heart Association - 2015

Breno Álvares de Faria Pereira Alinne Rodrigues Belo Nilzio Antônio da Silva Sobre os autores

RESUMO

A febre reumática ainda é uma doença prevalente nos tempos atuais, sobretudo nos países em desenvolvimento. Deflagrada por uma infecção pelo Streptococcus β-hemolítico do grupo A, pode afetar pacientes geneticamente predispostos. A cardite reumática é a mais importante das manifestações clínicas, pode gerar sequelas incapacitantes e de grande impacto para o indivíduo e para a sociedade. Atualmente, seu diagnóstico é feito baseado nos Critérios de Jones, estabelecidos em 1992 pela American Heart Association (AHA). Em 2015, a AHA procedeu a uma significativa revisão desses critérios, com novos parâmetros e recomendações diagnósticas. No presente estudo, os autores fazem uma análise crítica dessa nova revisão e enfatizam os pontos de maior relevância para a prática clínica.

Palavras-chave:
Infância; Cardite; Febre reumática; Critérios de Jones; Classificação

Sociedade Brasileira de Reumatologia Av Brigadeiro Luiz Antonio, 2466 - Cj 93., 01402-000 São Paulo - SP, Tel./Fax: 55 11 3289 7165 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sbre@terra.com.br