Qualidade de sementes de soja armazenadas após recobrimento com aminoácido, polímero, fungicida e inseticida

Seed quality of stored soybean after coating with amino acid, polymer, fungicide and insecticide

Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito do tratamento e/ou recobrimento de sementes de soja com aminoácido, polímero, fungicida e inseticida sobre os atributos fisiológicos e sanitários das sementes. Foi realizado um experimento utilizando os tratamentos: 1) testemunha; 2) fungicida (Fludioxonil + Metalaxil); 3) aminoácido (PT-4-0®); 4) polímero (Polyseed CF®+ Colorseed®); 5) fungicida + aminoácido; 6) fungicida + inseticida (Thiametoxam); 7) fungicida + polímero; 8) fungicida + inseticida + polímero e 9) fungicida + aminoácido + inseticida. Após os tratamentos às sementes foram armazenadas e sua qualidade avaliada a cada 60 dias quanto à germinação, vigor e sanidade. A aplicação do aminoácido isolado afeta positivamente a germinação das sementes de soja, porém quando combinado com fungicida e polímero não melhora o desempenho das sementes. A germinação foi afetada negativamente com o uso do fungicida, porém a combinação de fungicida e polímero não apresentou este efeito. A aplicação do fungicida reduziu a incidência dos fungos avaliados, com exceção da Cercospora sp. A utilização de polímero não afeta o controle de fungos pelo fungicida, indicando que a combinação dos mesmos pode ser utilizada.

Glycine max; tratamento; armazenamento de sementes; vigor


Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes R. Raja Gabaglia, 1110 , 86060-190 Londrina - PR Brasil, Tel./Fax: (55 43) 3025 5120 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: abrates@abrates.org.br