Variabilidade espacial da fertilidade do solo e sua relação com o potencial fisiológico de sementes em área de produção de soja

A correlação fertilidade do solo x potencial fisiológico da semente é importante na área de tecnologia de sementes, porém os resultados publicados são contraditórios. Assim, este trabalho objetivou avaliar as correlações entre atributos químicos do solo e potencial fisiológico de sementes de soja. Foram realizadas amostragens de solo e sementes, em pontos georreferenciados, para análise da fertilidade do solo e potencial fisiológico de sementes. Os dados foram submetidos às análises de estatística descritiva, correlação linear de Pearson e geoestatística. Os parâmetros dos semivariogramas ajustados foram utilizados para elaboração de mapas de distribuição espacial das variáveis. Teores de matéria orgânica, Mn e Cu apresentaram efeitos significativos sobre a germinação das sementes. A maioria das variáveis estudadas apresentou dependência espacial de moderada a elevada. Germinação e envelhecimento acelerado das sementes e P, Ca, Mg, Mn, Cu e Zn no solo apresentaram ajuste ao semivariograma esférico; matéria orgânica, pH e K apresentaram ajuste ao modelo gaussiano; e V% e Fe apresentaram ajuste ao modelo linear. Os valores do alcance de dependência espacial variaram de 89,9 m para P até 651,4 m para Fe. Estes valores devem ser considerados quando novas amostragens forem realizadas para avaliação da fertilidade do solo nesta área de produção.

Glycine max; agricultura de precisão; qualidade de sementes


Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes R. Raja Gabaglia, 1110 , 86060-190 Londrina - PR Brasil, Tel./Fax: (55 43) 3025 5120 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: abrates@abrates.org.br