Região e Redes: abordagem multidimensional e multinível para análise do processo de regionalização da saúde no Brasil

Ana Luiza d'Ávila Viana Aylene Bousquat Maria Paula Ferreira Maria Alice Bezerra Cutrim Liza Yurie Teruya Uchimura Edgar Rodrigues Fusaro Miriam Regina de Souza Paulo Henrique dos Santos Mota Ana Paula Chancharulo de Morais Pereira Fabíola Lana Iozzi Mariana Vercesi de Albuquerque Sobre os autores

Resumo

Objetivos:

apresentar a metodologia adotada pela pesquisa Política, Planejamento e Gestão das Regiões e Redes de Atenção à Saúde no Brasil - Pesquisa Região e Redes.

Métodos:

descrição do esquema analítico, do processo de escolha das regiões de saúde e critérios para seleção dos municípios e unidades de saúde, instrumentos de coleta dos dados primários, dos dados secundários e do banco de indicadores, além de tipologia regional elaborada para a análise dos dados

Resultados:

o esquema analítico pautou-se na análise de política de saúde; foram estabelecidas três macrodimensões: política, estrutura e organização. Para cada uma destas, definiram-se subdimensões. Elaborou-se um questionário constituído por variáveis que possibilitaram analisar os condicionantes do processo de regionalização. Cinco regiões de saúde foram selecionadas a partir de critérios previamente definidos.

Conclusões:

o método permitiu estabelecer atributos da regionalização, construídos com base em componentes específicos - integração, coordenação e regulação. A abordagem multinível mostrou-se importante pois retrata diferentes percepções dos atores gestores e prestadores segundo seu vinculo, nos cenários municipal, regional e estadual.

Palavras-chave:
Regionalização; Política de saúde; Sistemas de saúde

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br