Atenção pré-natal na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Prenatal care in the city of Pelotas, in the State of Rio Grande do Sul, Brazil

Isabel Cristina Rosa Barros Rasia Elaine Albernaz Sobre os autores

OBJETIVOS: identificar as características da assistência pré-natal na da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal aninhado a uma coorte de 2741 mães, entrevistadas nas maternidades da cidade, no período de setembro de 2002 a maio de 2003. As pacientes incluídas responderam a um questionário padronizado que obteve dados referentes a fatores demográficos e socioeconômicos e características do pré-natal. O desfecho analisado foi pré-natal adequado ou inadequado conforme o número de consultas, sendo definido como adequado, a realização de seis ou mais consultas. RESULTADOS: observou-se que 77% das gestantes fizeram seis ou mais consultas de pré-natal, porém, existem falhas no cumprimento e no manejo das normas de assistência pré-natal, como tratamento de problemas ginecológicos e orientações educativas. O risco de não realizar um pré-natal adequado foi maior para as gestantes de cor negra ou parda (RO=1,7), com menor escolaridade (RO=3,3) e menor renda (RO=3,0); assim como para as gestantes sem companheiro (RO=2,0) e fumantes (RO=1,5). CONCLUSÕES: os resultados condizem com os achados na literatura, na qual existe uma inversão de cuidados. As pacientes com piores condições econômicas e pouca escolaridade apresentam um maior risco para a realização de um pré-natal inadequado e suas conseqüências.

Cuidado pré-natal; Qualidade da assistência à saúde


Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br