Accessibility / Report Error

Dor crônica e violência doméstica: estudo qualitativo com mulheres que freqüentam um serviço especializado de saúde

Chronic pain and domestic abuse: qualitative study with women who attend a specialized health service

Anna Paula Florenzano de Almeida Edinilsa Ramos de Sousa Sandra Fortes Maria Cecília de Sousa Minayo Sobre os autores

OBJETIVOS: investigar a existência de história de violência na vida de mulheres com queixa de dor crônica, e que solicitam atendimento em um serviço especializado no atendimento à dor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Brasil. A somatização foi um dos temas destacados para se pensar a ligação entre violência e dor crônica. MÉTODOS: estudo de casos por meio da história de vida de 11 pacientes, enfatizando suas histórias de violência e vivência da dor. RESULTADOS: observou-se grande tendência das pacientes em buscar causas físicas para suas dores e nessa procura elas peregrinam pelos serviços de saúde passando de um médico ao outro. Todas as entrevistadas relataram nunca terem falado sobre suas histórias de violência com nenhum profissional de saúde e ao fazê-lo associam sua dor não somente a ocorrências físicas, como também a sofrimentos emocionais. Há uma busca da grande maioria das pacientes pela religião como alternativa para a cura da dor. CONCLUSÕES: os resultados apontam para a necessidade dos serviços de saúde estarem mais atentos à conexão entre violência prévia e dores crônicas, investindo no preparo dos profissionais da área de saúde para atender a esses pacientes.

Violência; Dor; Transtornos somatoformes


Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br