Maus-tratos contra idosos no município de Camaragibe, Pernambuco

Elder abuse in Camaragibe, Pernambuco

OBJETIVOS: descrever a situação de maus-tratos contra idosos no município de Camaragibe, na região metropolitana do Recife, Pernambuco. MÉTODOS: estudo descritivo de corte transversal com uma amostra representativa da população idosa do município, e submetida a questionário previamente elaborado conforme os objetivos do estudo. RESULTADOS: dos 315 idosos, 95,4% estavam na sexta e sétima década de vida, 65,2% eram mulheres e recebiam até dois salários mínimos (91,4%), 87,5% tinham casas próprias, com deficiente esgotamento sanitário (84,1%) e baixo grau de escolaridade (97,1%). Sessenta e seis referiram sofrer maus-tratos. Desses, 65,2% eram do sexo feminino. O tipo de violência mais comum foi a psicológica (62,1%), seguida da física (31,8%), cometidas pelos próprios familiares dentro do próprio domicílio. As mulheres foram mais agredidas que os homens. 71,3% reagiram passivamente não sabendo a que órgão denunciar. No seu entendimento a comunidade era indiferente ao problema. CONCLUSÕES: os maus-tratos contra idosos apresentam-se como problema relevante para a saúde pública. Medidas educativas poderiam ser implementadas para esclarecê-los sobre direitos, facilitar a denúncia e a obtenção de apoio ou ajuda.

Violência; Idoso; Maus-tratos ao idoso


Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br