Percepções e práticas de adolescentes grávidas e de familiares em relação à gestação

Pregnancy related perception and behavior of adolescents and their families

OBJETIVOS: conhecer as percepções e práticas de adolescentes grávidas e de seus familiares em relação à gestação atual. MÉTODOS: estudo descritivo com 19 gestantes, de 10-19 anos que realizaram pré-natal nas unidades de saúde da família da ilha do Chié, em Recife, de agosto a setembro de 2002, e 14 responsáveis pelas adolescentes. Utilizaram-se dois instrumentos para coleta de dados e as questões abertas foram submetidas à análise de conteúdo. RESULTADOS: as adolescentes têm a mãe como responsável pelo cuidado (71,5%), iniciaram-se sexualmente com o namorado (73,7%), com idade entre 10-14 anos (52,7%), usando método contraceptivo (68,4%) e têm antecedentes reprodutivos (42,1%). Metade desejava a gravidez atual, 78,5% recebem apoio afetivo e financeiro do pai da criança e 57,2% da mãe. Antes de engravidar 10,5% não estudavam, nem trabalhavam, e atualmente 57,9% estão nessa condição. Suas responsáveis são mulheres, 21,4% analfabetas e 64,3% provem o sustento. Diante da gravidez das filhas sentiram alegria/satisfação (35,7%) e desgosto (28,5%), e 92,9% aceitaram o fato. CONCLUSÕES: a gravidez na adolescência nem sempre é percebida como um problema, o que reforça a importância da construção de estratégias de prevenção que considerem a realidade local.

Gravidez na adolescência; Cuidados integrais de saúde; Avaliação


Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br