Percepção da equipe de enfermagem sobre a implantação do setor de acolhimento com classificação de risco às gestantes

Silas Santos Carvalho Bruno Rodrigues de Oliveira Camila Silva Oliveira do Nascimento Carla Tatiane de Souza Gois Iasmim Oliveira Pinto Sobre os autores

Resumo

Objetivos:

analisar a percepção da equipe de enfermagem sobre a implantação do setor de Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) às gestantes.

Métodos:

estudo transversal descritivo com abordagem qualitativa, realizado num hospital privado e conveniado ao Sistema Único de Saúde, na cidade de Feira de Santana- BA, em 2016. Participaram do estudo 10 profissionais da equipe de enfermagem que prestam assistência direta às gestantes em trabalho de parto e no puerpério. Foi aplicado um questionário semiestruturado contendo questões de identificação e caracterização do perfil sociodemográfico e uma entrevista abordando indagações sobre ACCR, as vantagens da implantação do setor de ACCR para a assistência às gestantes em trabalho de parto e as possíveis mudanças decorrentes desta implantação na rotina destes profissionais.

Resultados:

as entrevistadas reconhecem que o ACCR é um modo de operar nos serviços de saúde, reorganizando o processo de trabalho, garantindo a qualidade do atendimento, portanto sua implantação é necessária para uma assistência diferenciada às gestantes, com humanização e sensibilidade, e a formação de vínculo entre profissionais e usuários.

Conclusões:

a implantação do ACCR estabelece melhorias que garantem uma relação de confiança entre usuárias e profissionais e eficácia no atendimento às urgências e emergências gravídicas.

Palavras-chave
Acolhimento; Classificação; Gestantes

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br