Planejamento de intervenções em Saúde do Trabalhador no território: uma experiência participativa

Planning occupational health interventions in the territory: a participatory experience

Betânia Moreira Cangussu Fonseca Ana Maria Cheble Bahia Braga Elizabeth Costa Dias Sobre os autores

Resumo

Introdução:

a determinação social do processo saúde/doença se operacionaliza através da organização dos serviços de atenção à saúde no território. Pela observação das dinâmicas das atividades humanas e situações de risco nele materializados, com historicidade e mobilidade, é possível intervir sobre os condicionantes, riscos e impactos à saúde, em especial, do trabalhador que nele habita.

Objetivo:

contribuir com a reflexão sobre a importância do território na implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, utilizando-o como instrumento de planejamento desta intervenção.

Método:

pesquisa-intervenção participante; realizou-se uma oficina de diagnóstico do território visando à organização das ações de intervenção em Saúde do Trabalhador utilizando-se do método do Arco e da análise do discurso.

Resultados:

na oficina, com treze profissionais de diferentes segmentos, identificaram-se como prioridades de intervenção o trabalho informal e o ambiente/processo de trabalho do funcionalismo público. A percepção dos principais fatores de risco e agravos conduziu às propostas de intervenção em saúde do trabalhador.

Conclusão:

percebeu-se na análise territorial uma poderosa ferramenta de contribuição para planejamento e execução das ações de promoção, prevenção e atenção integral à saúde dos trabalhadores.

Palavras-chave:
saúde do trabalhador; território; trabalho informal; precarização

Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Rua Capote Valente, 710 , 05409 002 São Paulo/SP Brasil, Tel: (55 11) 3066-6076 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbso@fundacentro.gov.br