Cotidiano e saúde de servidores vinculados ao setor de manutenção em uma universidade pública

Daily workroutine and health of civil servants of the maintenance sector of a public university

RESUMO Mudanças ocorridas nas estruturas e nas formas de organização do trabalho no final do século XX geraram transformações nas relações laborais, atingindo trabalhadores de empresas privadas e públicas. Neste contexto, realizou-se pesquisa visando analisar as implicações da organização e do cotidiano de trabalho na saúde de servidores técnico-administrativos que executam trabalhos de manutenção em uma universidade pública. Foram realizadas 12 entrevistas individuais, semiestruturadas, com servidores vinculados à Prefeitura de uma universidade federal do sul do país, em 2006. Por meio da análise de conteúdo foram identificadas quatro categorias de análise, duas das quais são aqui apresentadas: cotidiano laboral e condições/organização do trabalho. Evidenciou-se nos discursos o pouco investimento da universidade na área de manutenção. Muitos trabalhadores relataram transtornos físicos vinculados ao trabalho. Conclui-se que o trabalho realizado tem potencial para causar danos à saúde. O replanejamento e o investimento no setor de manutenção poderiam melhorar a qualidade dos processos de trabalho e da saúde dos trabalhadores.

serviço público; saúde do trabalhador; organização do trabalho; cotidiano de trabalho; setor de manutenção


Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Rua Capote Valente, 710 , 05409 002 São Paulo/SP Brasil, Tel: (55 11) 3066-6076 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbso@fundacentro.gov.br