Agentes de limpeza terceirizados: entre o ressentimento e o reconhecimento

Outsourced cleaning workers: between resentment and the recognition

Sandra Francisca Bezerra Gemma Marta Fuentes-Rojas Maurílio José Barbosa Soares Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

analisar a percepção sobre a atividade de trabalho dos agentes de limpeza terceirizados de uma faculdade pública e determinar seu índice de capacidade para o trabalho.

Métodos:

foram utilizadas três ferramentas - Análise Coletiva do Trabalho (ACT); Questionário Sociodemográfico de trabalho e de estilo de vida (QSD) e o Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT).

Resultados/discussão:

das 22 agentes de limpeza, seis apresentaram ICT Baixo e Mode­rado, o que as coloca em posição de vulnerabilidade. Para além das demandas físicas de trabalho, as queixas das agentes de limpeza se concentraram nos riscos psicossociais, especialmente relacionados ao estresse e ao assédio moral. As trabalhadoras acreditam no valor de suas atividades, mas manifestaram ressentimento pela falta de reconhecimento por parte dos gestores e usuários da instituição.

Conclusão:

Fica evidente a necessidade de intervir nesse contexto para a manutenção da capacidade de trabalho e das condições para viver bem destes agentes de limpeza terceirizados.

Palavras-chave:
análise coletiva do trabalho; índice de capacidade para o trabalho; terceirização; saúde do trabalhador

Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Rua Capote Valente, 710 , 05409 002 São Paulo/SP Brasil, Tel: (55 11) 3066-6076 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbso@fundacentro.gov.br