Degradabilidade ruminal da matéria seca de grãos de milho e de sorgo com alto ou baixo conteúdo de tanino processados

Ruminal dry matter degradability of corn and sorghum grains at high or low tannin contents submitted to processing

Márcia Marise de Freitas Cação Ciniro Costa Paulo Roberto de Lima Meirelles Jane Maria Bertocco Ezequiel Rosemary Lais Galati Marina Gabriela Berchiol Silva Sobre os autores

Resumos

Avaliaram-se os efeitos da ensilagem, extrusão e secagem do milho e sorgo com alto e baixo conteúdo de tanino sobre a composição química e a degradação ruminal da matéria seca. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3, (tipos de grãos x processamentos) para a composição química e degradabilidade com três blocos (animais) pelo método in situ. Quanto à composição química, com exceção da proteína bruta e matéria mineral, constatou-se diferença significativa entre os tipos de grãos e processamentos. Os teores de extrato etéreo nos três tipos de grãos foram reduzidos significativamente com a ensilagem, extrusão e secagem em relação ao material úmido. Nos teores de fenóis, tanino total e condensado, houve efeito do híbrido, do processamento e da interação e, no sorgo com alto conteúdo de tanino, os teores mais elevados. Embora a composição dos grãos tenha sido similar, a interação no ambiente ruminal, associada ao tanino, proporcionou diferenças na degradabilidade da matéria seca. Concluiu-se que o sorgo com baixo conteúdo de tanino pode ser ensilado ou extrusado, enquanto o sorgo com alto conteúdo de tanino, deve ser extrusado, para melhorar a degradabilidade e a disponibilidade de nutrientes no rúmen.

extrusão; fenóis totais; grãos secos; silagem de grão úmido


This work evaluated the effects of high moisture silage, extrusion and corn and sorghum drying with and without tannin, on the chemical composition and ruminal digestion of dry matter. The experimental design was completely randomized in 3x3 factorial scheme (kinds of grains: processing), for the chemical composition and degradability and three blocks (animals) through in situ method. It was verified significant difference between kinds of grains and processing in relation to the chemical composition, except for crude protein and mineral matter. The contents of etherextract in the three types of grains, were reduced significantly with the high moisture silage, extrusion and drying in relation to the humid material. For the contents of phenols, total and condensed tannin there was effect of hybrid, processing and interaction, and the most elevated contents were found in sorghum with tannin. Although grain composition has been similar, the interaction in ruminal ambient associated to the tannin, promoted differences in the dry matter degradability. It was concluded that sorghum without tannin may be ensiled or extruded, while the sorghum with tannin, must be extruded to improve the degradability and availability of nutrients.

dry grains; extrusion; high moisture silage of grain; total phenols


  • AGRICULTURAL AND FOOD RESEARCH COUNCIL - AFRC.. Energy and protein requirements of ruminants Tecnical Committee on Responses to Nutrients. Wallingford: CAB International, 1993.
  • ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS - AOAC. Official methods of analysis 17.ed. Washington: A.O.A.C., 2002.
  • BARCELLOS, L.C.G.; FURLAN, A.C.; MURAKAMI, A.E.; SILVA, M.A.A, SILVA, R.M. Avaliação nutricional da silagem de grãos úmidos de sorgo de alto ou de baixo conteúdo de tanino para frangos de corte. Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, n.1, p.104-112, 2006.
  • BEAUACHEMIN, K.A.; YANG, W.Z.; RODE, L.M. Effects of barley grain processing on the site and extent of digestion of beef feedlot finishing diets. Journal of Animal Science, v.79, p.1925-1934, 2001.
  • BERTIPAGLIA, L.M.A.; MELO, G.M.P.; SUGOHARA, A.; MELO, W.J.; BERTIPAGLIA, L.A. Alterações bromatológicas em soja e milho processados por extrusão (Chemical changes in soybean and corn processed by extrusion). Revista Brasileira de Zootecnia, v.37, n.11, p.2003-2010, 2008.
  • CASALI, A.O.; DETMANN, E.; VALADARES FILHO, S.C.; PEREIRA,J.C.; CUNHA, M.; DETMANN, K.S.C.; PAULINO, M.F. Estimação de teores de Componentes fibrosos em alimentos para ruminantes em sacos de diferentes tecidos. Revista Brasileira de Zootecnia, v.38, n.1, p.130-138, 2009.
  • GAEBE, R.J.; SANSON, D.W.; RUSH, L.G.; RILEY, M.L.; HIXON, D.L.; PAISLEY, S.I. Effects of extruded corn or grain sorghum on intake, digestibility, weight gain, and carcasses of finishing steers. Journal of Animal Science, v.76, p.2001-2007, 1998.
  • GOES, R.H.T.B.; MANCIO, A.B.; VALADARES FILHO, S.C.; LANA, R.P. Degradação ruminal da matéria seca e da proteína bruta, de alimentos concentrados utilizados como suplementos para novilhos. Ciência Agrotécnica, v.28, n.1, p.167-173, 2004.
  • GOMIDE, I.F. Cinética da digestão ruminal do amido, amilose e amilopectina de diferentes grãos em misturas com uréia 1999. 56 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.
  • HIBBERD, C.A.; WAGNER, D.G.; SCHEMM, R.L. MITCHELL, E.D.; HINTZ, R.L.; WEIBEL, D.E. Nutritive characteristics of different varieties of sorghum and corn grains. Journal of Animal Science, v.55, n.3, p.665-672, 1982.
  • IGARASI, M.S.; ARRIGONI, M.D.B.; SOUZA, A.A.; SILVEIRA, A.C.; MARTINS, C.L.; OLIVEIRA,H.N. Desempenho de bovinos jovens alimentados com grão úmido de milho ou com grão úmido de sorgo. Revista Brasileira de Zootecnia, v.37, p.513-519, 2008.
  • JOBIM, C.C.; NUSSIO, L.G.; REIS, R.A.; SCHMIDT, P. Avanços metodológicos na avaliação da qualidade de forragem conservada. Revista Brasileira de Zootecnia, v.36, p.101-119, 2007.
  • LEE, S.Y.; KIM, W.Y.; KO, J.Y.; HA, J.K. Effects of corn processing on in vitro and in situ digestion of corn grain in Holstein steers. Australian Journal of Animal Science, v.15, p.851-858, 2002.
  • LOPES, A.B.R.C.; BERTO, D.A.; COSTA, C.; MUNIZ, M.H.B.; PADOVANI, C.R. Silagem de grãos úmidos de milho para suínos na fase final dos 8 aos 30kg. Boletim da Indústria Animal, v.58, n.2, p.181-190, 2001a.
  • LOPES, A.B.R.C.; BERTO, D.A.; COSTA, C.; MUNIZ, M.H.B.; ROSA, G.J.M. Silagem de grãos úmidos de milho para suínos nas fases de crescimento e terminação. Boletim da Indústria Animal, v.58, n.2, p.191-200, 2001b.
  • MAGALHÃES, P.C.; RODRIGUES, W.A.; DURÃES, F.O.M. Tanino no grão de sorgo: bases fisiológicas e métodos de determinação Sete Lagoas: EMBRAPA/CNPMS, 1997. 26 p. (Circular Técnica, 27).
  • MARCONDES, M.I; VALADARES FILHO, S.C.; DETMANN, E.; VALADARES, R.F.D.; SILVA, L.F.C.; FONSECA, M.A. Degradação ruminal e digestibilidade Intestinal da proteína bruta de alimentos para bovinos. Revista Brasileira de Zootecnia, v.38, n.11, p.2247-2257, 2009.
  • MAKKAR, H.P.S.; BLUMMEL M.; BOROWY, N.K.; BECKER, K. Gravimetric determination of tannins and their correlation with chemical and protein precipitation methods. Journal Science Food and Agriculture, v.61, p.161-165, 1993.
  • McSWEENEY, C.S.; PALMER, B.; McNEILL, D.M.; KRAUSE, D.O. Microbial interactions with tannins: nutritional consequences for ruminants. Animal Food Science and Technology, v.91, p.83-93, 2001.
  • MENDES, A.R.; EZEQUIEL, J.M.B.; GALATI, R.L. Cinética digestiva e eficiência de síntese de proteína microbiana em novilhos alimentados com farelo de girassol e diferentes fontes energéticas. Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, n.1, p.264-274, 2006.
  • MUNIZ, E.N. Adição de metionina protegida da degradabilidade ruminal em rações para cordeiros alimentados com dois níveis de proteína não degradável no rúmen 2003. 98 p. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal.
  • ODENYO, A.A.; BISHOP, R.; ASEFA, G.; JAMNADASS,R.; ODONGO, D.; OSUJI, P. Characterization of tannin tolerance bacterial isolates from East African ruminants. Anaerobe, v.7, p.5-15, 2001.
  • OLIVEIRA, M.V.M.; VARGAS JUNIOR, F.M.; SANCHEZ, L.M.B; PARIS,W.; FRIZZO,A.; HAYGERT,I.P.; MONTAGNER ,D.; WEBER,A.; CERDÓTES,L. Degradabilidade ruminal e digestibilidade intestinal de alimentos por intermédio da técnica in situ associada à do sacode náilon móvel. Revista Brasileira de Zootecnia, v.32, n.6, p.2023-2031, 2003.
  • OLIVEIRA, R.P.; FURLAN, A.C., MOREIRA, I.; FRAGA, A.L.; BASTOS, A.O. Valor nutritivo e desempenho de leitões alimentados com rações contendo silagem de grãos úmidos de milho. Revista Brasileira de Zootecnia, v.33, n.1, p.146-156, 2004.
  • ORSKOV, E.R.; Mc DONALD, L.. The estimation of protein degradability in the rumen from incubation measurements according to rate of passage. Journal Agricultural Science, v.92, p.499-503, 1979.
  • PASSINI, R.; BORGATTI, L.M.O; FERREIRA, F.A.; RODRIGUES, P.H.M. Degradabilidade no rúmen bovino de grãos de milho processados de diferentes formas. Pesquisa Agropecuária Brasileira,v.39, n.3, p.271-276, 2004.
  • PASSINI, R.; SILVEIRA, A.C.; RODRIGUES, P.H.M.; CASTRO, A.L.; TITTO, E.A.L.; ARRIGONI, M.B.; COSTA, C. Digestibilidade de dietas a base de grão úmido de milho ou de sorgo ensilados. Acta Scientiarum, v.24, n.4, p.1147-1154, 2002.
  • PATRICIO, V.M.I.; FURLAN, A.C.; MOREIRA, I.; MARTINSE, M.; JOBIM, C.C.; COSTA,C. Avaliação nutricional da silagem de grãos úmidos de sorgo de alto ou de baixo conteúdo de tanino para leitões na fase de creche. Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, n.4, p.1406-1415, 2006.
  • PRICE, M.L.; STROMBERG, A.M.; BUTLER, L.G. Tannin content as a function of grain maturity and drying conditions in several varieties of Sorghum bicolor (L.) Moench. Journal Agricultural Food Chemistry, v.27, n.6, p.1270-1274, 1979.
  • SAS INSTITUTE. SAS language reference Version 6. Cary, NC,2001. 1042 p.
  • SARTORI, J.R.; COSTA, C., PEZZATO, L.E.; MARTINS, C.L.; CARRIJO, A.S.; CRUZ, V.C.; PINHEIRO, D.F. Silagem de grãos úmidos de milho na alimentação de frangos de corte. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.37, n.7, p.1009 - 1015, 2002.
  • SILVA, A.A.; MARQUES, B.M.F.P.P.; HAUSCHILD, L.; GARCIA, G.G.; LOVATTO, P.A. Digestibilidade e balanços metabólicos da silagem de grãos úmidos de milho para suínos. Ciência Rural, v.35, n.4, p.877-882, 2005.
  • TEIXEIRA, J.C.; HUBER, J.T. , WANDERLEY, R.C. Uso da técnica de saco de náilon móvel para estimar digestibilidade pós-ruminal em vacas leiteiras. Revista Brasileira de Zootecnia, v.18, n.4, p.285-294, 1989.
  • TONANI, F.L.; RUGGIERI, A.C.; QUEIROZ, A.C.; ANDRADE, P. Degradabilidade ruminal in situ da matéria seca e da fibra em detergente neutro em silagens de híbridos de sorgo colhidos em diferentes épocas. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.53, p.100-104, 2001.
  • VALADARES FILHO, S.C.; MAGALHÃES, K.A.; ROCHA JÚNIOR, V.R.Tabelas brasileiras de composição de alimentos para bovinos 2.ed. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2006. 329p.
  • VAN SOEST, P.J.; ROBERTSON, J.B.; LEWIS, B.A. Methods for dietary fiber, neutral detergent fibre and nonstarch polyssacharides in relation to animal nutrition. Journal of Dairy Science, v.74, p.3583-3597, 1994.
  • VERVUERT, I.; COENEN, M.; BOTHE, C. Effects of corn processing on the glycaemic and insulinaemic responses in horses. Journal of Animal Physiology and Animal Nutrition, v.88, p.348-355, 2004.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    29 Set 2014
  • Data do Fascículo
    Jun 2012

Histórico

  • Recebido
    16 Ago 2011
  • Aceito
    07 Mar 2012
UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br