Accessibility / Report Error

Degradabilidade ruminal da matéria seca de grãos de milho e de sorgo com alto ou baixo conteúdo de tanino processados

Ruminal dry matter degradability of corn and sorghum grains at high or low tannin contents submitted to processing

Avaliaram-se os efeitos da ensilagem, extrusão e secagem do milho e sorgo com alto e baixo conteúdo de tanino sobre a composição química e a degradação ruminal da matéria seca. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3, (tipos de grãos x processamentos) para a composição química e degradabilidade com três blocos (animais) pelo método in situ. Quanto à composição química, com exceção da proteína bruta e matéria mineral, constatou-se diferença significativa entre os tipos de grãos e processamentos. Os teores de extrato etéreo nos três tipos de grãos foram reduzidos significativamente com a ensilagem, extrusão e secagem em relação ao material úmido. Nos teores de fenóis, tanino total e condensado, houve efeito do híbrido, do processamento e da interação e, no sorgo com alto conteúdo de tanino, os teores mais elevados. Embora a composição dos grãos tenha sido similar, a interação no ambiente ruminal, associada ao tanino, proporcionou diferenças na degradabilidade da matéria seca. Concluiu-se que o sorgo com baixo conteúdo de tanino pode ser ensilado ou extrusado, enquanto o sorgo com alto conteúdo de tanino, deve ser extrusado, para melhorar a degradabilidade e a disponibilidade de nutrientes no rúmen.

extrusão; fenóis totais; grãos secos; silagem de grão úmido


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br