Valor nutritivo do capim-andropogon em quatro idades de rebrota em período chuvoso

Nutritional value of andropogon grass in four regrowth ages during rain session

Daniel Cézar da Silva Arnaud Azevêdo Alves Marlúcia da Silva Bezerra Lacerda Miguel Arcanjo Moreira Filho Maria Elizabete de Oliveira Elizabeth Almeida Lafayette Sobre os autores

Objetivou-se avaliar o efeito da idade após rebrota (35, 49, 63 e 77 dias) sobre a relação folha/colmo, composição bromatológica, produtividade e degradabilidade in situ do capim-andropogon (Andropogon gayanus Kunth.). Houve efeito linear crescente (P<0,01) dos dias de crescimento sobre os teores de MS e FDA na planta e de FDN e FDA nas folhas e decrescente para PB e MM na planta. Houve efeito quadrático (P<0,01) para teores de FDN na planta, PB nas folhas e relação folha/colmo. A produtividade foi influenciada (P<0,01), com acréscimo de 0,0388t de MS.ha-1 por dia de crescimento. A degradabilidade potencial da MS e FDN foram elevadas aos 35 dias após rebrota, nos três tempos de incubação, com decréscimos em função da elevação da idade de rebrota. Aos 35 e 63 dias após rebrota, verificou-se maior degradabilidade potencial da PB. A degradação efetiva da MS foi elevada aos 35 dias, enquanto para FDN maiores valores foram verificados aos 35 e menores aos 77 dias. O capim-andropogon, no intervalo de 35 a 49 dias após rebrota, apresenta maior degradabilidade potencial e degradação efetiva da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro, decorrente da melhor relação folha/colmo associado ao menor teor de fibra, além de apresentar teor proteico 6 a 8%, suficiente à mantença de ruminantes.

Andropogon gayanus; composição bromatológica; degradabilidade in situ; gramínea tropical; produtividade


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br