Accessibility / Report Error

Digestibilidade e tempo de retenção dos grãos de sorgo processados durante a ensilagem em equinos

Digestibility and retention time of grains of sorghum processed during ensilage in equine

Kátia de Oliveira Carla Maris Machado Bittar Ciniro Costa Paulo Roberto de Lima Meirelles Ricardo Velludo Gomes de Soutello Sobre os autores

Objetivou-se determinar em equinos a digestibilidade dos nutrientes e o tempo médio de retenção dos grãos de sorgo de baixo e alto teores de tanino submetidos na ensilagem a dois processamentos, prensagem e moagem. Foram utilizados quatro cavalos castrados sem raça definida delineados em blocos casualizados, resultando em quatro repetições por tratamento. Os tratamentos consistiram de silagens de grãos úmidos de sorgo de baixo tanino e alto teor de tanino submetidos a dois tipos de processamentos, prensagem e moagem, arranjados em esquema fatorial 2x2 (2 genótipos de sorgo e 2 processamentos na ensilagem). Observaram-se diferenças significativas entre as silagens com baixo e alto teor de tanino, bem como dos processamentos na ensilagem, no qual os melhores resultados obtidos foram para a silagem de grãos úmidos de sorgo de baixo tanino moída, com os valores para CDMS, CDMO, CDEB, CDPB e CDAmido, de 83,82; 83,91; 85,17; 86,56 e 84,72%, respectivamente. Ainda, não se identificou efeito significativo entre os grãos estudados, bem como dos processamentos, sobre o tempo médio de retenção, com média de 17,5h. Concluiu-se que a moagem dos grãos de sorgo na ensilagem aumenta a digestibilidade dos nutrientes. O tempo médio de retenção em equinos apresentou-se similar entre os grãos de sorgo ensilados sob a forma prensada e moída.

cavalo; moagem; prensagem; saco de náilon móvel; tempo médio de retenção


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br