Presença de Escherichia coli em fígados de frangos provenientes de matadouros avícolas

"Escherichia coli" presence in poultry livers from slaughterhouses

A contínua intensificação da produção no setor avícola propicia condições favoráveis à ocorrência e à disseminação de alguns patógenos, como a Escherichia coli, que pode provocar infecções graves nos animais e no homem. O objetivo com este trabalho foi verificar a correlação existente entre a inspeção visual do fígado e a presença de Escherichia coli em fígados de frangos provenientes de matadouros avícolas. Para tanto, foram colhidas 62 amostras de fígados de frango, das quais 30 com aspecto macroscópico inalterado e 32 com alteração macroscópica, que originou o descarte da carcaça pela inspeção da linha B. Escherichia coli foi isolada em 45,5% dos fígados coletados. A bactéria foi isolada em 18 amostras de fígados com aspecto macroscópico inalterado e nove amostras de fígados provenientes de carcaças que foram descartadas. A colangio-hepatite foi a alteração inflamatória predominante em 16/27 fígados e considerada multifocal em 15/16. Detectou-se a predominância de heterófilos e mononucleares (12/27). Os critérios de condenação das carcaças foram inadequados, haja vista a elevada presença de Escherichia coli nas amostras de fígados oriundos de carcaças consideradas próprias para o consumo humano, o que ressalta as diferenças encontradas nas análises microbiológicas e visuais. Diante dos resultados obtidos, torna-se necessária a continuidade dos estudos, especialmente quanto o potencial zoonótico da Escherichia coli e sua presença nos alimentos prontos para consumo.

avicultura; bacteriologia; inspeção; microbiologia; sanidade avícola


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br