Uso do acetato de melengestrol após protocolos de inseminação artificial em tempo fixo em vacas Nelore multíparas

Use of melengestrolacetate after use protocol to artificial insemination at fixed-time in Nellore cows pluriparous

Objetivou-se avaliar a influência do fornecimento de 2,28g de MGA® Premix entre o 13º e 17º dia após a inseminação artificial em tempo fixo (IATF), na taxa de gestação de vacas da raça Nelore, pluríparas. Foram usadas 154 vacas, divididas em dois lotes ao acaso, o tratamento 1, n=55 e o tratamento 2, n=99. O tratamento 1 recebeu suplemento mineral e o tratamento 2o mesmo suplemento adicionado de 2,28g de MGA® Premix/animal/dia. Foi usada a estatística descritiva por tabela frequência, no programa SAS, pela interação do fornecimento de MGA® Premix com a taxa de gestação. A porcentagem de gestação foi superior para as vacas suplementadas com MGA® Premix e avaliados aos 43 dias após a inseminação. O uso de MGA® após IATF aumenta a sobrevivência embrionária e a taxa de prenhez.

escore de condição corporal; ordem de parto; progestágeno; sincronização do estro; zebuíno


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br