Caracterização fenotípica e predição do peso de ovelhas mestiças Dorper × Santa Inês

Hugo Pereira SANTOS Auriclécia Lopes de Oliveira AIURA Guilherme Alfredo Magalhães GONÇALVES Felipe Shindy AIURA Sobre os autores

RESUMO

Objetivou-se determinar índices zoométricos, correlacionar e predizer o peso corporal a partir das medidas biométricas de fêmeas F1 Dorper × Santa Inês (F1 D × SI) criadas extensivamente. Foram acompanhadas 25 fêmeas ovinas F1 D × SI, com idades variando de 2 a 9 meses. Mensurou-se mensalmente o peso corporal, perímetro torácico, perímetro de barriga, comprimento corporal, altura de cernelha, altura de garupa, largura de garupa, comprimento de garupa e a partir dos mesmos estimou-se os índices zoométricos. Realizou-se análise descritiva dos dados, correlação de Pearson e análise de regressão. As medidas biométricas e os índices zoométricos das fêmeas F1 D × SI indicam um animal de aptidão para corte, com boa conformação, além disso, demonstram aspectos favoráveis para reprodução, característica fundamental na seleção de matrizes. O peso corporal apresenta correlação alta e positiva para todas as características analisadas, com valores variando de 0,74 do comprimento de garupa a 0,88 de perímetro torácico. As regressões para todas as medidas biométricas foram altamente significativas (P<0,0001) com destaque para o perímetro torácico que apresenta o maior coeficiente de determinação (R² = 0,77), as demais medidas apresentaram abaixo de 0,70. Conclui-se que as fêmeas F1 Dorper × Santa Inês apresentam características para produção de carne e para reprodução. E que das medidas biométricas, o perímetro torácico, pode ser utilizado para predição do peso corporal das fêmeas F1 Dorper × Santa Inês.

Palavras-chave:
Ovinocultura; peso corporal; semiárido

UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br