Curva de crescimento de ovinos Santa Inês no Vale do Gurgueia

Growth curve Santa Inês sheep in the Valley Gurguéia

Resumos

Objetivou-se descrever o crescimento de ovinos Santa Inês no Vale do Gurgueia a partir da análise de modelos não lineares: Brody,Von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz. Após a definição do modelo de melhor ajuste, avaliou-se a influência de fatores ambientais (estação de nascimento, sexo, tipo de parto e idade da mãe ao parto) sobre os parâmetros da curva. Foram utilizados dados do desenvolvimento ponderal de 61 ovinos, do nascimento aos 350 dias de idade, no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2010. Os parâmetros foram estimados por meio do NLIN do SAS. Os modelos de Von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz ajustaram bem os dados de crescimento, entretanto, os modelos de Brody e Richards apresentaram maior variação no Quadrado Médio dos Resíduos. Com base no gráfico de dispersão dos resíduos, constatou-se que o modelo de Gompertz apresentou ajuste ligeiramente superior ao modelo de Von Bertalanffy. A taxa de crescimento absoluto estimada demonstrou crescente até os 28 dias de idade. O efeito de sexo foi importante fonte de variação para o parâmetro A, bem como os efeitos de idade da mãe ao parto aos parâmetros B e K. As correlações estimadas entre os parâmetros A e K, B e K foram negativas. Efeitos ambientais mostraram-se importantes fatores que influenciam os parâmetros da curva de crescimento de ovinos Santa Inês no estado do Gurgueia.

efeito de ambiente; modelo não linear; ovinos deslanados; peso à maturidade; taxa de crescimento


The objective of this study was to analyze nonlinear models between Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logistic and Gompertz, that best fit to describe the growth of Santa Ines sheep in Valley Gurguéia and, after setting the best model, it was to evaluated the influence of environmental factors (season of birth, sex, type of birth and mother's age at birth) on the parameters of the curve. Data were obtained from 61 sheep weight development from birth to 350 days of age from January 2009 to December 2010. The parameters were estimated using the SAS NLIN procedure. The models of Von Bertalanffy, Richards, Logistic and Gompertz fit the data well for growth, however, greater variation in Mean Square Waste was seen for Brody and Richards models. Based on the scatter plot of the waste, it was found that the Gompertz model presented set slightly higher than the model of von Bertalanffy. The estimated rate of absolute growth showed increased up to 28 days old. The effect of sex was an important source of variation for the parameter A, as well as the effects of age of mother at birth to the parameters B and K. The estimated correlations between the parameters A and K, B and K were negative. Environmental effects were important factors influencing the parameters of the growth curve of Santa Inês sheep in the state of Gurguéia.

environmental effect; growth rate; hair sheep; non-linear model; weight maturity


  • BARROS, N.N.; VASCONCELOS, V.R.; LOBO, R.N.B. Características de Crescimento de Cordeiros F-1 para abate no Semi-Árido do Nordeste do Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.39, n.8, p.809-814 , 2004.
  • BERTALANFFY, L.V. Quantitative laws in metabolism and growth. The Quaterly Reviem of Biology, v.32, n.3, p.217-230, 1957.
  • BRODY, S. Bioenergetics and growth New York: Reinhhold Publication, 1945.
  • CARNEIRO, P.L.S.; MALHADO, C.H.M; AFFONSO, P.R.A.M.; PEREIRA, D.G.; ZUZART, J.C.C.; RIBEIRO JUNIOR, M.; SARMENTO, J.L.R. Curva de crescimento em caprinos da raça Mambrina, criados na caatinga. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal [Online], v.10, n.3, p 536-545, 2009.
  • DAL-FARRA, R.A.; ROSO, V.M.; SCHENKEL, F.S. Efeitos de Ambiente e de Heterose sobre o ganho de peso do nascimento ao desmame sobre os escores visuais ao desmame de bovinos de corte. Revista Brasileira de Zootecnia, v.31, n.3, p.1350-1361, 2002.
  • FIGUEIREDO FILHO, L.A.S.; SARMENTO, J.L.R.; CAMPELO, J.E.G.; SANTOS, N.P.S.; SOUSA, J.E.R.; BIAGIOTTI, D. Fatores ambientais e genéticos sobre a curva de crescimento de caprinos mestiços. Comunicata Scientiae, v.3, n.3, p.154-161, 2012.
  • FURUSHO-GARCIA, I.F.; PEREZ, J.R.O.; BONAGURIO, S.; ASSIS, R.M.; PEDREIRA, B.C.; SOUZA, X.R. Desempenho de cordeiros Santa Inês Puros e cruzas Santa Inês com Texel, Ile de France e Bergamácia. Revista Brasileira de Zootecnia, v.33, n.6, p.1591-1603, 2004.
  • GUEDES, M.H.P.; MUNIZ, J.A.; PEREZ, J.R.O.; SILVA, F.F.; AQUINO, L.H.; SANTOS, L.C. Estudo das curvas de crescimento de cordeiros das raças Santa Inês e Bergamácia considerando heterogeneidade de variâncias. Ciências Agrotécnicas, v.28, n.2, p.381-388, 2004.
  • FREITAS, A.R. Curvas de crescimento na produção animal. Revista Brasileira de Zootecnia, v.34, p.786-795, 2005.
  • LAIRD, A.K. Dynamics of relative growth. Growth, v.29, p.249-263, 1965.
  • LOBO, R.N.B.; VILLELA, L.C.V.; LOBO, A.M.B.O.; PASSOS, J.R.S.; OLIVEIRA, A.A. Parâmetros genéticos de características estimadas da curva de crescimento de ovinos Santa Inês. Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, p.1012-1018, 2006.
  • MALHADO, C.H.M; CARNEIRO, P.L.S; SANTOS, P.F; AZEVEDO, D.M.M.R.; SOUZA, J.C.; AFONSO, P.R.M. Curva de crescimento em ovinos mestiços Santa Inês x Texel criados no Sudoeste do Estado da Bahia. Revsista Brasileira de Saúde e Produção Animal [Online], v.9, n.2, p.210-218, 2008 .
  • MALHADO, C.H.M.; CARNEIRO, P.L.S.; MELLO, P.R.A.M.; SOUZA JUNIOR, A.A.O.; SARMENTO, J.L.R. Growth curves in Dorper sheep crossed with the local Brazilian breeds, Morada Nova, Rabo Largo, and Santa Inês. Small Ruminant Research, v.84, p.16-21, 2009.
  • McMANUS, C.; EVANGELISTA, C.; FERNANDES, L.A.C.; MIRANDA, R.M.; MORENO-BERNAL, F.E.; SANTOS, N.R. Curvas de crescimento de ovinos Bergamácia criados no Distrito Federal. Revista Brasileira de Zootecnia, v.32, n.5, p.1207- 1212, 2003.
  • NELDER, J.A. The fitting of a generalization of the logistic curve. Biometrics, v.17, n.1, p.89-110, 1961.
  • PACHECO, A.; QUIRINO, C.R. Estudo das características de crescimento em ovinos. Pubvet, v.2, n.29, 2008. Disponível em: http://www.pubvet.com.br/artigos_det.asp?artigo=293 Acesso em: 11 jan. 2012.
  • SARMENTO, J.L.R.; TORRES, R.A.; PEREIRA, C.S.; SOUSA, W.H.; LOPES, P.S.; ARAÚJO, C.V.; EUCLYDES, R.F. Avaliação genética de características de crescimento de ovinos Santa Inês utilizando modelos de regressão aleatória. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.58, n.1, p.68-77, 2006a.
  • SARMENTO, J.L.R.; REZAZZI, A.J.; SOUZA, W.H.; TORRES, R.A.; BREDA, F.C.; MENEZES, G.R.O. Estudo da curva de crescimento de ovinos Santa Inês.Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, n.2, p.435-442, 2006b.
  • SAS INSTITUTE. User's guide : statistics Version 8.1. Cary: NC, 2000.
  • RICHARDS, F.J. A flexible growth function for empirical use. Journal of Experimental Botany, v.10, p.290-300, 1959
  • SOUZA, L.A; CARNEIRO, P.L.S.; MALHADO, C.H.M.; PAIVA, S.R.; CAIRES, D.N.; BARRETO, D.L.F. Curvas de crescimento em ovinos da raça morada nova criados no estado da Bahia. Revista Brasileira de Zootecnia, v.40, n.8, p.1700-1705, 2011.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    28 Mar 2013
  • Data do Fascículo
    Dez 2012

Histórico

  • Recebido
    06 Mar 2012
  • Aceito
    20 Set 2012
UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br