Acúmulo de forragem e estrutura do dossel do capim-Xaraés submetido a intensidades de cortes

Accumulation of forage and sward structure of Xaraés grass subjected to intensity of cuts

Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o acúmulo de forragem e a estrutura do dossel do capim-Xaraés submetido a cinco alturas de resíduos (10; 20; 30; 40 e 50 cm) com intervalo de corte baseado na interceptação luminosa (IL) pelo dossel durante a rebrotação (95% de IL). O experimento foi conduzido no Setor de Forragicultura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em Chapadinha, no período de março a novembro de 2011. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. O período de descanso baseado na estratégia de 95% de IL variou em função das alturas de resíduo e época do ano. Houve efeito das alturas de cortes para a produção de forragem, a densidade populacional de perfilhos, o número de perfilhos vivos, altura do dossel e densidade volumétrica de forragem. Apenas a relação folha/colmo e a taxa de acúmulo de forragem não foram influenciadas pelos fatores estudados, no período chuvoso de 2011. No período da seca, os pastos de capim-Xaraés foram afetados de forma negativa para todas as características avaliadas, independente das alturas de resíduo. De maneira geral, intensidades de cortes mais drásticas (10 cm), promovem maior produção de forragem, maior DPP, maior número de perfilhos mortos e maior densidade, no entanto, resulta em menor número de cortes e maior intervalo entre corte. O inverso ocorre com intensidades de cortes mais lenientes (40 e 50 cm).

altura de corte; densidade volumétrica; índice de área foliar; interceptação luminosa; taxa de acúmulo de forragem


UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br