Comportamento ingestivo de ovinos em capim Massai sob diferentes alturas pré-pastejo sob lotação rotativa

Rebeca Rocha CARDOSO Luciano Fernandes de SOUSA Ana Cristina Holanda FERREIRA José Neuman Miranda NEIVA Deborah Alves FERREIRA André Guimarães Maciel e SILVA Sobre os autores

RESUMO

O objetivo foi avaliar a influência de três alturas pré-pastejo do capim Massai sobre o comportamento ingestivo de ovinos sob lotação rotativa. Foram utilizados 18 ovinos mestiços Dorper x sem padrão racial definido (SPRD) sob lotação rotativa em capim Massai nas alturas pré-pastejo de 45, 35 e 25 cm. A lotação animal foi estimada para garantir a redução de aproximadamente 50% da altura inicial. As avaliações de comportamento foram feitas das 6 às 18 h na entrada e na saída dos animais dos piquetes. A maior atividade de forma geral realizada foi a de pastejo, seguida de ruminação e outras atividades, sendo o período de 6 às 10 h o que apresentou maior atividade de pastejo. Nos demais períodos, os animais no tratamento com 35 cm pastejaram menos que os animais dos outros tratamentos. A ruminação, em todos os tratamentos, foi mais significativa no período das 14 às 18 h, mas os animais no tratamento com 45 cm foram os que passaram maior tempo realizando esta atividade. Os animais no tratamento com 45 cm apresentaram maior tempo de ruminação do bolo alimentar e maior número de mastigações merícicas. A taxa de bocados foi superior para o tratamento com 25 cm, seguido do com 45 e 35 cm respectivamente.

Megathyrsus maximus; Panicum maximum; ruminantes

UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br