Encurtamento do sarcômero diminui o amaciamento do músculo “Biceps femoris” de ovinos

Daiane Aparecida FAUSTO Marcella Arcaro de LIMA Patricia Maloso RAMOS Simone Fernanda Nedel PERTILE Ivanete SUSIN Eduardo Francisquine DELGADO Sobre os autores

RESUMO

Foram avaliados os efeitos do encurtamento normal (NS) e encurtamento pelo frio (CS) no comprimento do sarcômero, força de cisalhamento pelo Warner-Bratzler (WBS) e no processo de amaciamento analisado pelo índice de fragmentação miofibrilar (MFI). Os músculos Bicep femoris de dez ovinos oriundos do cruzamento Dorper x Santa Inês, foram aleatoriamente designados para: 1) NS: resfriamento do músculo na carcaça por 24 horas na câmara fria a 4°C (NS) 2) CS: resfriamento rápido, em banho de gelo, do músculo removido a partir da carcaça imediatamente após o abate (CS). Comprimento de sarcômero foi determinado nas amostras coletadas 24 horas após o abate e WBS e MFI nos períodos de maturação (1 ou 10 post mortem), em cada tratamento. Os valores de WBS da carne para 1 e 10 dias foram maiores (P <0,05) para CS (4,90 ± 0,42 e 3,73 ± 0,42 kgf, respectivamente) que para NS (4,07 ± 0,36 e 2,98 ± 0,38 kgf, respectivamente). Houve correlação negativa para WBS e comprimento do sarcômero (r = −0,59 e r = −0,69, P <0,05) nos dias 1 e 10 de post-mortem. Além disso, foram observadas correlações positivas entre MFI e comprimento do sarcômero (r = 0,46 e r = 0,48, P <0,05) nos dias 1 e 10, respectivamente. Esses resultados apontam para um impacto negativo do encurtamento do sarcômero no processo de amaciamento de carne em músculo do pernil de cordeiros.

Palavras-chave:
força de cisalhamento; miofibrilar; proteólise; carne; Santa Inês

UFBA - Universidade Federal da Bahia Avenida Adhemar de Barros nº 500 - Ondina , CEP 41170-110 Salvador-BA Brasil, Tel. 55 71 32836725, Fax. 55 71 32836718 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: rbspa@ufba.br