• Therapeutic limitation conducts in intensive care unit patients Artigos Originais

    Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Dantas, Maira Pereira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Almeida, Alessandro de Moura; Melo, Rodrigo Morel Vieira de; Albuquerque, Ligia Carvalho; Godinho, Tiana Mascarenhas; Agareno, Sydney; Teles, José Mário M.; Farias, Augusto M. C.; Messeder, Otavio H.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Atualmente, há uma tendência crescente de se buscar o "morrer com dignidade", mais do que prolongar inutilmente o sofrimento de pacientes terminais em unidades de terapia intensiva (UTI). O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização de condutas que sugerem limitação terapêutica (LT) em pacientes que foram a óbito em UTI Adulto. MÉTODO: Trata-se de um estudo exploratório, retrospectivo, que avaliou prontuários médicos de pacientes que foram a óbito na UTI geral de um hospital privado de Salvador-BA, entre janeiro e agosto de 2003, com internação superior a 24 horas na unidade. Os pacientes foram classificados, em relação ao óbito, em "não resposta a medidas de reanimação", "morte encefálica", "decisão de não reanimar" (DNR), "não adoção ou retirada de medidas de suporte de vida", sendo estas duas últimas consideradas medidas sugestivas de limitação terapêutica. RESULTADOS: Foram incluídos dados referentes a 67 pacientes, correspondendo a 90,4% dos pacientes falecidos na unidade durante o período. Destes, 56,7% eram mulheres e a idade média dos pacientes foi de 66,58 ± 17,86 anos. Medidas sugestivas de LT foram encontradas em 59,7% dos pacientes, sendo a mais importante "não adoção de medidas de suporte" (35,8%), seguida de DNR (17,9%) e "retirada de medidas de suporte" (6%). A utilização de fármacos vasoativos e métodos dialíticos foram as medidas de suporte mais omitidas, enquanto antibioticoterapia foi a mais retirada. A utilização de medidas de LT foi mais freqüente nos pacientes clínicos. CONCLUSÕES: Os dados do presente estudo sugerem altas freqüências de condutas médicas sugestivas de LT em UTI geral no Nordeste do Brasil. Métodos terapêuticos que possam causar desconforto ou sofrimento aos pacientes terminais, como nutrição, sedação e analgesia, raramente foram omitidos ou retirados.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: There is a growing tendency of looking for "dying with dignity", rather than to prolong death and suffering of terminal patients on intensive care units (ICU). This study aims to evaluate medical practices that suggest therapeutic limitation (TL) in patients who died in an adult ICU. METHODS: A retrospective exploratory study was carried out to evaluate medical records of patients who died in a general adult ICU of a private hospital in Salvador-BA, between January and August of 2003, after at least 24 hours from the admission. The patients were classified, in relation to their deaths, in: "not responding to cardiopulmonary resuscitation", "brain death", "decision not to resuscitate" (DNR) and "withhold or withdrawal life-support measures". RESULTS: Sixty seven patients were included, corresponding to 90.4% of the deaths occurred in this ICU during the referred period. The most of them (56.7%) were women and the patients’ mean age was 66.58 ± 17.86 years. Suggestive measures of TL were found in 59.7% of the patients, being "withhold of life-support measures" the most important (35.8%), followed by DNR (17.9%) and "withdrawal of life-support measures" (6%). The procedures most commonly omitted were use of vasoactive drugs and dialysis, while antibiotics were the most discontinued. The use of TL measures was more frequent in clinical patients. CONCLUSIONS: The results of the present study suggest high frequencies of medical conducts suggestive of TL in a general ICU in Northeast of Brazil. Therapeutic methods that could cause discomfort or suffering to the patients, as nutrition, sedation and analgesia, were rarely omitted or discontinued.
  • Evaluation of medical students knowledge on brain death Artigos Originais

    Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Durães, Larissa; Nascimento, Diego Teixeira; Neves, Nedy Maria Branco Cerqueira; Torreão, Lara de Araújo; Agareno, Sydney

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Por ser um conceito relativamente novo e pouco divulgado na sociedade, o diagnóstico de morte encefálica (ME) ainda não é bem aceito pela população em geral, inclusive entre médicos e estudantes de Medicina. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento de uma amostra de estudantes de Medicina sobre o protocolo diagnóstico de ME. MÉTODO: Estudo descritivo de corte transversal, avaliando acadêmicos de duas faculdades de Medicina de Salvador-BA. Foi distribuído um questionário auto-aplicável composto por questões referentes à conhecimento, técnico e ético, contidos na Resolução nº 1.480/97 do Conselho Federal de Medicina, que dispõe sobre os critérios para caracterização de ME. RESULTADOS: Foram avaliados 115 estudantes. A média de acertos nas 14 questões sobre o conhecimento dos critérios da ME foi de 6,7 ± 1,8; sendo maior entre os estudantes que haviam assistido alguma apresentação sobre ME. A maioria dos estudantes (87,4%) soube identificar os pacientes candidatos ao protocolo de ME. No entanto, apenas 5,2% e 16,1% dos estudantes acertaram, respectivamente, os testes clínicos e complementares que devem ser realizados durante o protocolo. Frente a um paciente não-doador com diagnóstico confirmado de ME, 66,4% referiram que o suporte artificial de vida deve ser suspenso. Apenas 15% dos estudantes entrevistados já avaliaram um paciente com ME, sendo este percentual maior entre os que já haviam realizado estágio em UTI (38,2% versus 5,1%; p < 0,001). CONCLUSÕES: Os resultados deste estudo apontaram para um conhecimento limitado dos estudantes avaliados sobre os critérios para caracterização da ME, principalmente em relação à sua abordagem prática.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Because brain death (BD) is a new concept and little divulged, it’s not well accepted in general population, including doctors and Medical students. This study aims to evaluate the knowledge of a sample of Medical students on the Brazilian BD diagnosis protocol. METHODS: Descriptive cross-sectional survey that evaluated students from two medical schools in Salvador-BA. We used a questionnaire composed by questions about technical and ethical knowledge contained in the Federal Council of Medicine’s Resolution nº 1480/97 that establishes the criteria for BD diagnosis. RESULTS: We evaluated 115 Medical students. In 14 questions about the knowledge of BD criteria, the mean of right answers were 6.7 ± 1.8, which were higher among the students that had attended some presentation on BD. Most of the students (87.4%) knew how to identify the candidates to the BD diagnosis protocol. However, only 5.2% and 16.1% of the students answered right, respectively, the clinical and complementary tests that should be accomplished during the diagnosis protocol. Facing a no-donor patient with confirmed diagnosis of BD, 66.4% referred that artificial life support should be suspended. Only 15% of the interviewed students had already evaluated a patient with BD, being this percentage higher among those who had already frequented ICU (38.2% versus 5.1%; p < 0.001). CONCLUSIONS: The results of this study showed a limited knowledge of the evaluated students on BD diagnosis criteria, mainly in relation to the practical approach of this condition.
  • Medical futility and respiratory failure: a prospective cohort study Artigos Originais

    Batista, Cristiano Corrêa; Goldbaum Júnior, Maurício Alberto; Sztiler, Fernanda; Goldim, José Roberto; Fritscher, Carlos Cezar

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A necessidade de reformular as metas dos cuidados intensivos, partindo muitas vezes da cura para o conforto, torna-se necessário nos dias atuais. O médico intensivista, freqüentemente está diante da decisão de suspender ou não oferecer determinado tratamento, apesar de ele estar disponível. O objetivo deste estudo foi estimar o risco evolutivo de probabilidade de morte individual para pacientes internados com insuficiência respiratória na unidade de terapia intensiva (UTI), identificar quais os tratamentos mantenedores da vida foram administrados, o tempo de internação e o desfecho, comparar o desfecho "morte" em relação aos modelos UNICAMP II e APACHE II, bem como verificar se os tratamentos mantenedores da vida podem ser limitados ou suspensos. MÉTODO: Trata-se de um estudo de coorte prospectiva, observacional envolvendo 150 pacientes com insuficiência respiratória internados na unidade de tratamento intensivo. A análise estatística foi realizada por meio dos Modelos Lineares Generalizados. RESULTADOS: Idade, sexo, raça ou morbidade não mostrou estatística significativa para predizer o desfecho. Essa predição foi mais bem averiguada por meio da evolução do índice prognóstico individual nos primeiros sete dias de internação na UTI. A piora do prognóstico em 10% para pacientes com risco inicial entre 70% e 80%, utilizando o modelo UNICAMP II, mostrou especificidade de 97,4% a 98,6%. CONCLUSÕES: A evolução prognóstica dos pacientes, nos primeiros sete dias de internação na UTI, é de grande auxílio do ponto de vista objetivo para a tomada de decisões éticas em torno da não-oferta de novos tratamentos mantenedores da vida.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Currently, the reformulation of intensive care goals, often shifting from the search for a cure to offering comfort, has become more and more necessary. The intensivist is frequently confronted with the decision to suspend or not offer a specific therapy, despite its availability. The objective of this study was to estimate the developing risk of probability of death for individual ICU patients with respiratory failure, identify which life-sustaining therapies were administered, time of internment and outcome. Compare the death outcome in relation to UNICAMP II and APACHE II models, as well as verify if the life-sustaining therapies may be limited or suspended. METHODS: It is the observational, prospective cohort study of 150 patients with respiratory failure confined to the intensive care unit. Statistical analysis was carried out using Generalized Linear Models. RESULTS: Age, sex, race or morbidity did not reveal statistical significance in predicting outcome. This prediction was confirmed more accurately by means of changes in the individual prognostic index of death probability during the first seven days of ICU internment. A 10% worsening prognosis in patients who presented initial death risk of 70% to 80%, utilizing the UNICAMP II Model, showed a specificity of 97.4% - 98.6%. CONCLUSIONS: Prognostic changes in patients during the first seven days of ICU internment are of great aid, from an objective point of view, for ethical decision-making in relation to not-offering new life-sustaining therapies.
  • Concepts and monitoring of pulmonary mechanic in patients under ventilatory support in intensive care unit Artigos Originais

    Faustino, Eduardo Antonio

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em ventilação mecânica invasiva e não-invasiva, o conhecimento da fisiologia da mecânica respiratória, é imprescindível para tomada de decisões e no manuseio eficiente dos ventiladores modernos. A monitorização dos parâmetros da mecânica pulmonar é recomendada nos trabalhos de revisão e de pesquisas clínicas. O objetivo deste estudo foi rever os conceitos de mecânica pulmonar e os métodos utilizados para obtenção de medidas à beira do leito, enfatizando três parâmetros: resistência, complacência e PEEP intrínseca. MÉTODO: Foi realizada revisão bibliográfica através dos bancos de dados LILACS, MedLine e PubMed, no período de 1996 a 2006. RESULTADOS: Esta revisão abordou os parâmetros de resistência, complacência pulmonar e PEEP intrínseca como fundamentais na compreensão da insuficiência respiratória aguda e suporte ventilatório mecânico, principalmente na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e na síndrome da angústia respiratória aguda (SARA). CONCLUSÕES: A monitorização da mecânica pulmonar em pacientes sob ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva (UTI) pode fornecer dados relevantes e deve ser implementada de forma sistemática e racional.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: In mechanical ventilation, invasive and noninvasive, the knowledge of respiratory mechanic physiology is indispensable to take decisions and into the efficient management of modern ventilators. Monitoring of pulmonary mechanic parameters is been recommended from all the review works and clinical research. The objective of this study was review concepts of pulmonary mechanic and the methods used to obtain measures in the bed side, preparing a rational sequence to obtain this data. METHODS: It was obtained bibliographic review through data bank LILACS, MedLine and PubMed, from the last ten years. RESULTS: This review approaches parameters of resistance, pulmonary compliance and intrinsic PEEP as primordial into comprehension of acute respiratory failure and mechanic ventilatory support, mainly in acute respiratory distress syndrome (ARDS) and in chronic obstructive pulmonary disease (COPD). CONCLUSIONS: Monitoring pulmonary mechanics in patients under mechanical ventilation in intensive care units gives relevant informations and should be implemented in a rational and systematic way.
  • Behavior of the lung mechanics after the application of protocol of chest physiotherapy and aspiration tracheal in patients with invasive mechanical ventilation Artigos Originais

    Rosa, Fernanda Kusiak da; Roese, Cláudia Adegas; Savi, Augusto; Dias, Alexandre Simões; Monteiro, Mariane Borba

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A fisioterapia respiratória (FR) em pacientes submetidos a suporte ventilatório invasivo, atua diretamente no sistema ventilatório podendo alterar a mecânica pulmonar através da complacência pulmonar dinâmica (Cdyn) e da resistência do sistema respiratório (Rsr). Porém, as alterações descritas após a realização de FR permanecem controversas. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações da mecânica pulmonar em pacientes em ventilação mecânica invasiva (VMI). MÉTODO: Foi realizado estudo prospectivo e aleatório, controlado do tipo cruzado, incluindo pacientes com mais de 48 horas em VMI. Os protocolos de fisioterapia respiratória (PF) e de aspiração traqueal isolada (PA) foram aleatorizados para a ordem de aplicação, com intervalo de 24 horas entre eles. Dados da mecânica pulmonar e das variáveis cardiorrespiratórias foram coletados antes da aplicação do protocolo, imediatamente após; 30 minutos e 120 minutos após a aplicação dos protocolos. RESULTADOS: Doze pacientes completaram o estudo. A pneumonia foi a causa mais comum de insuficiência respiratória (IRpA). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos em relação à Cdyn, volume de ar corrente (VAC) e volume-minuto (VM). A Rsr diminuiu de forma significativa imediatamente após (de 10,4 ± 3 cmH2O/L/seg para 8,9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0,02), 30 minutos após (de 10,4 ± 3 cmH2O/L/seg para 9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0,01) e 120 min após (de 10,4 ± 3 cmH2O/L/seg para 9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0,03) a aplicação do protocolo de fisioterapia respiratória. Quando comparado com o protocolo de aspiração traqueal isolada foi significativamente menor nos momentos 30 (9 ± 2 cmH2O/L/seg versus 10,2 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0,04) e 120 minutos (9 ± 2 cmH2O/L/segundo versus 10,4 ± 3 cmH2O/L/seg; p < 0,04). CONCLUSÕES: O protocolo de fisioterapia respiratória foi eficaz na diminuição da Rsr quando comparado com o protocolo de aspiração. Essa diminuição manteve-se duas horas após a sua aplicação, o que não ocorreu quando realizada apenas a aspiração traqueal isolada.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The chest physiotherapy (CP) in patients submitted to invasive support ventilation acts directly in the breathing system, and it could alter the lung mechanics through the dynamic lung compliance (DynC) and resistance of the breathing system (Rbs). However the alterations after the accomplishment of CP are still controversy. The objective of this study was to evaluate the alterations of the lung mechanics in patients in invasive mechanical ventilation (IMV). METHODS: It was a prospective, randomized, and controlled and crossover study, with patient with more than 48 hours in IMV. The protocol of chest physiotherapy and isolated tracheal aspiration they were randomized for the application order with a window of 24 hours among them. Data of lung mechanics and its varied cardiorespiratory were collected moments before the protocol, immediately after the application of the protocol, 30 minutes and 120 minutes after the application of the protocols. RESULTS: Twelve patients completed the study. Pneumonia was the mean cause respiratory failure (RF). There was not statistical difference among the groups in relation to Cdyn, volume tidal (Vt) and volume minute (Ve). Rbs decreased in a significant way immediately after (of 10.4 ± 3 cmH2O/L/seg for 8.9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0.02), 30 minutes after (of 10.4 ± 3 cmH2O/L/seg for 9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0.01) and 120 minutes after (of 10.4 ± 3 cmH2O/L/seg for 9 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0.03) application the protocol of chest physiotherapy. When compared with the protocol of isolated tracheal aspiration it was significantly smaller in the 30 (9 ± 2 cmH2O/L/seg versus10.2 ± 2 cmH2O/L/seg; p < 0.04) and 120 minutes (9 ± 2 cmH2O/L/seg versus 10.4 ± 3 cmH2O/L/seg; p < 0.04). CONCLUSIONS: The protocol of chest physiotherapy was effective in the decrease of Rsr when compared with the aspiration protocol. That decrease was maintained for two hours after its application, what did not happen when only the just accomplished the tracheal aspiration was performed isolated.
  • The influence of early tracheostomy in the weaning of patients with severe traumatic brain injury Artigos Originais

    Pasini, Renata Lenize; Fernandes, Yvens Barbosa; Araújo, Sebastião; Soares, Silvia Maria de Toledo Piza

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Atualmente, ainda é questionável se a traqueostomia precoce (TP) pode influenciar no desmame ventilatório ou no tempo de internação hospitalar de pacientes com traumatismo cranioencefálico (TCE). O objetivo primário deste estudo foi verificar se a TP influencia o tempo de ventilação mecânica (VM) em pacientes com TCE grave. MÉTODO: Estudo prospectivo, observacional, incluindo 33 pacientes com pontuação admissional na escala de coma de Glasgow (ECG) < 10, analisados segundo o momento de realização traqueostomia, após a intubação traqueal (precoce: t < 6 dias; intermediária: t = 7 a 11 dias; tardia: t > 12 dias) e o desmame ventilatório. RESULTADOS: O tempo total de VM foi menor no grupo TP (n = 10; p < 0,0001). No grupo TP, a menor pontuação na ECG (média de 5,3 ± 2,5) esteve negativamente correlacionada com o tempo de internação hospitalar (p = 0,02). CONCLUSÕES: A traqueostomia precoce pode reduzir os tempos de ventilação mecânica, mas não influencia o tempo de internação hospitalar em pacientes com traumatismo cranioencefálico grave.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Actually, It’s doubtful if early tracheostomy (ET) can influence mechanical ventilation (MV) weaning time or the hospital length of stay in patients with traumatic brain injury (TBI). The main objective of this trial was to verify the influence of ET on weaning time of patients with severe TBI. METHODS: Prospective, observational study, including 33 patients with severe TBI (GCS < 10 at hospital admission), evaluated according to tracheostomy performance time (early: t < 6 days; intermediate: t = 7 to 11 days; and late: t > 12 days) and the weaning from MV. RESULTS: Total ventilation mechanical time has been reduced in the early tracheostomy group (n = 10; p < 0.0001). A lower GCS punctuation (mean 5.3 ± 2.5) in ET group has been negatively correlated with hospital length of stay (LOS) (p = 0.02). CONCLUSIONS: Early tracheostomy can decrease mechanical ventilation time, but does not influence hospital LOS in patients with severe traumatic brain injury.
  • Evaluation of renal function: creatinine and other biomarkers Artigos Originais

    Magro, Márcia Cristina da Silva; Vattimo, Maria de Fátima F.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os biomarcadores são ferramentas diagnósticas discriminatórias entre o estado de saúde e doença. O objetivo deste estudo foi reconhecer a aplicação clínica dos biomarcadores de função renal na prática clínica, com a finalidade de disponibilizar conhecimento do avanço diagnóstico da lesão renal aguda (LRA). MÉTODO: Estudo descritivo de levantamento bibliográfico de periódicos indexados de 1975 a outubro de 2006, por meio das bases de dados LILACS e PubMed. RESULTADOS: Foram disponibilizados 505 artigos nas bases de dados PubMed e 6 nas do LILACS. Foram selecionados 106 artigos e, após leitura na íntegra, apenas 69 traduziam a abordagem temática pretendida. CONCLUSÕES: Nesse levantamento foi verificado que apesar do progresso na compreensão dos mecanismos celular e molecular envolvendo a LRA, ainda existe um hiato entre a compreensão e a aplicação de tratamentos efetivos e específicos na prevenção e controle dessa síndrome.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Biomarkers are diagnostic tools which discriminate between the good health and the illness. This study had as objective to recognize the clinical application of the renal function biomarkers in the clinical practice, in order to inform the diagnostic advances of the acute kidney injury (AKI). METHODS: Descriptive study of bibliographical survey of indexed periodicals from 1975 to October, 2006, by means of the LILACS and PubMed databases. RESULTS: Were available 505 articles from the bibliographical survey in the PubMed database and 6 in the Lilacs database. 106 articles were selected and, after full reading, only 69 referred to the intended thematic approach. CONCLUSIONS: In this survey, it was verified that despite the progresses in the molecular and cellular mechanisms understanding related to AKI, there is still a gap between the comprehension and the application of effective and specific therapeutics in the prevention and control of this syndrome.
  • Measurement of intra-abdominal pressure in the intensive care unit: the opinion of the critical care physicians Artigos Originais

    Japiassú, André M.; Falcão, Haroldo; Freitas, Fernando; Freitas, Sandra; Souza, Paulo César P.; Lannes, Roberto; Sato, Ricardo I.; Dias, Analucia M.; Almeida, Gustavo F.; Soares, Márcio; Salluh, Jorge I.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos adversos da hipertensão intra-abdominal (PIA) são conhecidos há muitos anos, mas apenas recentemente deu-se importância à sua monitorização. Há evidências que cerca de um quarto dos centros de tratamento intensivo (CTI) não medem a PIA por falta de conhecimento da sua importância ou dificuldade na interpretação dos resultados. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento dos médicos sobre a síndrome de compartimento abdominal (SCA) e as características do seu manuseio. MÉTODO: Para a realização deste estudo foi enviado um questionário, contendo 12 perguntas sobre o assunto, para médicos que trabalham em CTI. RESULTADOS: O conhecimento das definições internacionais de SCA não parece estar influenciado pelo tempo de exercício da Medicina, mas sim pelo tempo de atividade dedicada à Medicina Intensiva. Embora a maioria esteja ciente da existência da SCA, menos da metade dos médicos que responderam ao questionário conhece as definições internacionais de 2004. A medida da PIA é realizada em pacientes com predisposição para SCA, por via intravesical, com injeção de 25 a 100 mL de líquido, com intervalos de 4 a 8 horas. Não parece existir valor de PIA (associado ou não a disfunções orgânicas) de consenso entre médicos desta pesquisa em relação ao tratamento clínico ou cirúrgico. CONCLUSÕES: O conhecimento sobre SCA é satisfatório quando considerados apenas os médicos que atuam majoritariamente em Medicina Intensiva. Contudo, é necessária a educação acerca da presença e gravidade da hipertensão intra-abdominal para grande parte dos médicos atuantes na Medicina Intensiva na região metropolitana do Rio de Janeiro.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The adverse effects of intra-abdominal hypertension are known for many years. Only recently proper attention has been given to routine intra-abdominal pressure (IAP) monitoring. There is evidence that a quarter of intensive care units (ICU) do not measure IAP, due to a lack of knowledge of its importance or difficulty in results interpretation. The aim of this study is investigate the knowledge of ICU physicians about abdominal compartimental syndrome and its management. METHODS: A questionnaire with 12 questions about this issue was mailed to ICU physicians. RESULTS: The current knowledge of the international definitions of ACS does not seem to be linked to the number of years of medical practice, but was associated with the time spent working on intensive care. Although most physicians are aware of the existence of ACS, less than half know the present international definitions. The IAP monitoring is performed in patients at risk for ACS, by means of the intravesical filling with 25 to 100 mL of liquids, in intervals varying from of 4 to 8 hours. There was no consensus on the value of IAP values (with or without organ dysfunctions) for the clinical or surgical treatments of ACS in this survey. CONCLUSIONS: The knowledge of ACS is satisfactory when we consider only physicians that devote most of their time to ICU work. However, it is necessary to improve education and knowledge of most intensive care physicians regarding the presence and severity of intra-abdominal hypertension in Rio de Janeiro.
  • Doubtful or unfunded indications observed with albumin treatment: a study in a teaching hospital in Rio de Janeiro State Artigos Originais

    Magalhães, Felipe A.; Chini, Luiz Stanislau N.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora faça parte do arsenal clínico há mais de 50 anos, o uso de albumina humana ainda é questão controversa, cuja discussão originou a publicação de inúmeros artigos em periódicos de Medicina. As opiniões e justificativas para o seu uso são conflitantes e só recentemente foram realizados estudos de qualidade, conduzidos para avaliar desfechos mais significativos, como o impacto na mortalidade dos pacientes tratados. Os objetivos deste artigo foram verificar das indicações do uso de albumina, comparar essas indicações com as diretrizes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) de 2004, bem como os resultados de recentes pesquisas científica; e estimar o total das despesas com o produto. MÉTODO: Análise das justificativas do uso de albumina humana nos 206 pedidos solicitados em 2005, identificados no banco de dados do Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP). RESULTADOS: Grande quantidade de albumina foi utilizada sem embasamento científico, gerando altos custos para esse hospital. O impacto sobre a saúde dos pacientes não pôde ser avaliado neste estudo. CONCLUSÕES: Apesar da grande discussão e da publicação de inúmeros artigos sobre o tema, a albumina humana é usada de forma ampla e indiscriminada nesse hospital de ensino.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Although has been available for clinical administration for over 50 years, the use of human albumin keep being a controversial and hotly debated and it is theme of many papers in medical journals. The opinions and justifications for the use of albumin are huge and only more recently were published betters papers leaded to appraisal more significant outcomes as the impact in the mortality of the treat patients. The objectives of this paper are: to check the albumin indications, to compare them with Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) guideline of 2004, recent scientific researches and to estimate the total cost of the product. METHODS: Analysis of the justifications of human albumin use in 206 requests, of 2005, identified in Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP) data base. RESULTS: A great amount of albumin was used without scientific justifications, generating financial expenditures of thousand of reais, but whose impact on the health of the patients is impossible to be evaluated in this work. CONCLUSIONS: Although the great discussion and many papers about this theme, the albumin is still use in an intense and unrestricted way in this teaching hospital.
  • Care of the potential organ donor Artigos de Revisão

    Rech, Tatiana H.; Rodrigues Filho, Édison Moraes

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O transplante de órgãos sólidos vem sendo considerado o tratamento de eleição para várias doenças terminais que afetam rim, pâncreas, fígado, coração e pulmão. Atualmente, o maior limitante às cirurgias dos transplantes é a escassez de órgãos. O objetivo deste estudo foi revisar aspectos fisiopatológicos da morte encefálica e resumir estratégias terapêuticas atuais, para o cuidado otimizado do doador, do que depende o sucesso dos transplantes. CONTEÚDO: A morte encefálica é uma síndrome inflamatória que pode rapidamente produzir alterações deletérias nos órgãos dos potenciais doadores. Esse contexto de instabilidade hemodinâmica, metabólica e eletrolítica, exige do intensivista cuidados especiais com o doador de múltiplos órgãos. CONCLUSÔES: O adequado conhecimento da complexa fisiopatologia envolvendo a morte encefálica é de fundamental importância para que se implemente de forma racional um protocolo de manuseio agressivo do potencial doador, o que certamente resultará num aumento de órgãos captados e do número de órgãos captados por doador, além da redução das taxas de disfunção primária dos enxertos transplantados.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Organ transplantation has long been considered the treatment of choice for many end-stage organ diseases. As soon as transplantation turned to be a viable therapy, organ shortage became the major limitation for the procedures. Nowadays, there is an increasing imbalance between organ supply and demand. Apparently, the most promising way to increase organ supply is optimizing the care for the brain death organ donor. The objective of this manuscript was to review the pathophysiological aspects and therapeutic strategies for the optimized care of the potential organ donor. CONTENTS: Brain death causes a massive catecholamine release, inducing a variety of deleterious effects that can threat organ perfusion. Studies have documented a sudden decrease in cortisol, insulin, thyroid and pituitary hormones. In this scenario of hemodynamic and metabolic instability, a special attention to the multiple organ donor support is required. CONCLUSIONS: An extensive knowledge of the complex brain death pathophysiology is extremely important for the implementation of rational aggressive management protocols of the potential organ donor, aiming to increase the number of harvested organs and the number of organs harvested per donor.
  • Intensive care of postoperative patients in bariatric surgery Artigos de Revisão

    Sanches, Giselle Domingues; Gazoni, Fernanda M.; Konishi, Renata Koda; Guimarães, Hélio Penna; Vendrame, Letícia Sandre; Lopes, Renato Delascio

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A obesidade é considerada uma epidemia e afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo. A sua prevalência vem aumentando significativamente nos últimos anos e a mortalidade do paciente obeso crítico, em alguns estudos, mostra-se maior, especialmente em pacientes cirúrgicos que necessitam de UTI. Este estudo teve como objetivo ressaltar as particularidades das condutas em Medicina Intensiva no pós-operatório do paciente obeso submetido à cirurgia bariátrica. CONTEÚDO: A taxa dos pacientes obesos na UTI é de 9% a 26% e o aumento no número de cirurgias bariátricas tem elevado o fluxo de obesos internados em UTI. A obesidade tem várias particularidades fisiopatológicas que devem ser conhecidas para melhor manuseio pós-operatório. Entre elas estão as restrições pulmonares, que leva ao aumento do número de complicações, o fator de risco para síndrome coronariana aguda eventos trombóticos. CONCLUSÕES: O número de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica está aumentando, o que leva a maior número de pacientes obesos internados na UTI. As alterações fisiológicas da obesidade, juntamente com as complicações de um paciente crítico, são desafios para a prática médica. Portanto, é relevante conhecer a fisiopatologia da obesidade, o tratamento rotineiro das complicações no pós-operatório de cirurgia bariátrica.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Obesity is an epidemic disease reaching more than 300 million people all over the world. Its prevalence has increased during the past few years and according to some studies its mortality in the critically ill patient seems to be much higher, especially among patients who were submitted to surgery. This study has as objective to discuss some particularities of managing obese patients in the intensive care unit after bariatric surgery. CONTENTS: The rate of obese patient in the ICU ranges from 9% to 26% and the increase in the number of bariatric surgeries has raised the number of obese patients in the ICU. It is important to know the physiopathology of obesity and to treat its particularities during the postoperative care. Such as pulmonary restriction, that causes an increase in pulmonary complications, coronary artery disease and thromboembolic events. CONCLUSIONS: The number of patients that undergo to bariatric surgery has increased; therefore, the number of obese patients in the ICU has also risen. Different physiological events and complications in obese patients are challenges to clinical practice. The knowledge of obese physiopathology helps in the managing routine procedures and complications after bariatric surgery.
  • Markers and mediators of inflammatory response in infection and sepsis

    Lobo, Suzana Margareth; Lobo, Francisco Ricardo Marques

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sepse é a expressão de uma complexa rede de mediadores. Falência de múltiplos órgãos e choque séptico são as principais causas de óbito nas unidades de terapia intensiva em todo o mundo. Indicadores biológicos como as citocinas, bem como centenas de outros indicadores celulares, moléculas bioativas circulantes ou produtos da coagulação são potenciais indicadores biológicos que poderão ser de grande utilidade no reconhecimento e tratamento da infecção e sepse. O objetivo deste estudo foi apresentar os principais indicadores que podem ser utilizados, atualmente ou possivelmente, no futuro, na prática clínica ou experimental. CONTEÚDO: Revisão dirigida da literatura sobre possíveis indicadores de infecção e sepse, com ênfase aos da cascata da coagulação, proteína C-reativa e procalcitonina. CONCLUSÕES: O papel da maioria dos indicadores biológicos não está ainda definido para uso na prática clínica. Todavia os níveis séricos de PCR e de procalcitonina podem ser de grande auxílio no diagnóstico e no prognóstico da infecção e da sepse quando usados em conjunto com os parâmetros convencionais.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sepsis is the expression of a complex network of mediators. Multiple organ dysfunction and septic shock indeed remain a major cause of death among ICU patients worldwide. Prompt recognition of both the diagnosis and the complicated evolution are essential, hence the importance of using biological markers. The main pro-inflammatory and anti-inflammatory cytokines as well as hundreds of others cellular markers, circulating bioactive molecules or coagulation products are potential biological markers that could help to characterize the presence of infection and sepsis. We aimed to review the main biological markers that could be used nowadays or possibly in the future, either in clinical or research fields. CONTENTS: A selective review of biologic markers of sepsis focusing on markers of the coagulation cascade, C-reactive protein and procalcitonin. CONCLUSIONS: Most of the available biological markers is still not a practical method to be used at the bed-side and is currently restricted to research works. Nowadays the determination of CRP or PCT serum levels can be of great help in the critically ill patient care along with the conventional parameters.
  • The role of serial measurement of troponin in patients with a suspected myocardial injury after chest trauma Artigos de Revisão

    Corrêa, Thiago Domingos; Passos, Rogério da Hora; Noritomi, Danilo Teixeira; Figueiredo, Evandro José de Almeida; Capone Neto, Antonio

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A contusão miocárdica está freqüentemente associada ao trauma torácico fechado. Seu correto diagnóstico é um constante desafio aos profissionais que trabalham em unidades de emergência, devido aos seus sintomas inespecíficos e a ausência de exames subsidiários com precisão para fazer o diagnóstico. Dentre os diversos métodos diagnósticos estudados, tem-se destacado nos últimos anos o papel dos indicadores de necrose miocárdica troponina I e troponina T. Por serem proteínas constituintes do aparelho de regulação contrátil celular, são liberadas na corrente sanguínea somente após a perda da integridade de membrana dos miócitos e, portanto, são altamente específicas para detectar lesão miocárdica. CONTEUDO: Foi realizada uma revisão de estudos clínicos nas bases eletrônicas de dados MedLine e LILACS, no período de janeiro de 1980 a novembro de 2006, sobre a importância da dosagem seriada de troponina como instrumento diagnóstico e preditor de evolução clínica desfavorável nos pacientes com contusão miocárdica. CONCLUSÕES: Embora exista maior especificidade das troponinas I e T quando comparadas aos indicadores tradicionais, CKMB massa e CPK total, esses dois indicadores apresentarem sensibilidade e valor preditivo positivo baixos para diagnosticar contusão miocárdica. Pacientes que apresentam alterações eletrocardiográficas, elevação de troponinas, ou ambas, devem permanecer em observação em unidade de terapia intensiva (UTI), por no mínimo 24 horas, período em que se desenvolve a maioria das complicações decorrentes da contusão miocárdica.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Myocardial contusion is often associated with blunt chest trauma. Its diagnosis is challenging to the professionals who work in emergency department due to nonspecific symptoms and the lack of auxiliary exams with enough accuracy to diagnose. Among the available diagnostic tools, the biomarkers of myocardial injury troponin I and troponin T have stood out. Troponins are proteins of the citocellular apparatus, released into the bloodstream only after the disruption of myocytes cellular membrane. Therefore they are highly specific to detect myocardial injuries. CONTENTS: We performed a clinical review using the electronic databases MedLine and LILACS from January 1980 to November 2006 about the importance of a serial measurement of troponin I and T as a diagnostic tool as well as predictor of unfavorable clinical outcome in patients with myocardial contusion after a blunt chest trauma. CONCLUSIONS: Although troponins I and T are more specific than usual biomarkers CKMB and CK, these two first biomarkers show a low sensitivity and positive predictive value to diagnosis myocardial contusion. Patients with ECG abnormalities, troponins elevations or both should remain in an intensive care unit (ICU) for at least 24 hours, period in which they cam develop most of the complications related to myocardial contusion.
  • The use of hyperinflation as a physical therapy resource in intensive care unit Artigos de Revisão

    Lemes, Daniela Aires; Guimarães, Fernando Silva

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os pacientes ventilados mecanicamente geralmente apresentam grandes quantidades de secreção pulmonar devido à deficiência da função mucociliar e do transporte de muco. O reanimador manual é utilizado como recurso para a hiperinsuflação pulmonar com os objetivos de prevenir a retenção de muco e as complicações pulmonares, melhorar a oxigenação e re-expandir áreas pulmonares colapsadas. Alternativamente, a hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico é considerada uma forma segura e prática para promover a desobstrução e expansão pulmonar. O objetivo deste estudo foi rever a literatura relacionada ao uso da hiperinsuflação manual e da hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico em pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI). CONTEÚDO: A pesquisa da literatura foi realizada por meio das bases eletrônicas de dados MedLine, CINAHL, SciELO e LILACS utilizando palavras-chave apropriadas, incluindo: intensive care units, manual hyperinflation, mechanical ventilator, physiotherapy, physical therapy e ventilator hyperinflation. CONCLUSÕES: Apesar de existirem poucos estudos demonstrando a eficácia da hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico como recurso fisioterapêutico, o seu uso parece ser uma alternativa mais segura em relação ao reanimador manual para instituição da hiperinsuflação terapêutica em UTI.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Mechanically ventilated patients usually present larger amounts of pulmonary secretions because of impairment in mucociliary function and mucus transport. The manual resuscitator is considered a resource for pulmonary hyperinflation with the aim of preventing mucus retention and pulmonary complications, improving oxygenation and reexpanding collapsed areas. Alternatively, the hyperinflation by mechanical ventilator is a reliable and practical device to promote lung expansion and desobstruction. The objective of this study was to review the literature concerning manual and ventilator hyperinflation treatments for patients in the intensive care units (ICU) setting. CONTENTS: Literature searches were performed using the databases MedLine, CINAHL, SciElo and LILACS with appropriate keywords, including: intensive care units, manual hyperinflation, mechanical ventilator, physiotherapy, physical therapy and ventilator hyperinflation. CONCLUSIONS: Although there are few studies demonstrating the efficacy of ventilator hyperinflation as a physical therapy device, it can be a safety option to promote therapeutic hyperinflation in ICU, compared to manual hyperinflation.
  • Vascular access and catheter associated blood-stream infections Artigos de Revisão

    Bonvento, Marcelo

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A infecção da corrente sangüínea relacionada à cateter ocorre quando o germe presente no local de inserção atinge a corrente sangüínea, resultando em bacteremia, que quando não contida, provoca infecção com grave comprometimento clínico, podendo resultar em septicemia. Essa infecção a partir do cateter deve ser suspeitada quando não existe um foco infeccioso primário aparente e quando as hemoculturas (do sangue e da ponta do cateter), colhidas após 48h de internação, resultarem no crescimento do mesmo agente infeccioso. O objetivo deste estudo foi revisar as principais recomendações para prevenção, diagnóstico e tratamento das infecções da corrente sangüínea relacionadas à cateteres. CONTEÚDO: Serão apresentadas as atuais recomendações para a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das infecções da corrente sangüínea relacionada a cateteres. CONCLUSÕES: Consiste em problema freqüente em centro de terapia intensiva (CTI), contribuindo com a morbimortalidade hospitalar. A elaboração de protocolos para a prevenção e o controle dessas infecções, deve fazer parte da rotina dos CTI.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The catheter related infections occurs when the bacteria of the skin around the catheter reach the blood stream. The catheter related infection is suspected when there is no other evident site of infection and the cultures of the material collected from the catheter and the patient’s blood show the same agent. CONTENTS: The recommendations of prevention, diagnose and treatment of catheter related infections are presented in this article. CONCLUSIONS: The catheter related infection is a relevant problem in intensive care units (ICU), contributing to a raise in hospital mortality. The elaboration of protocols to prevent and control these infections must be a routine in Intensive Care Unit.
  • Severe imported malaria: case report Relatos de Caso

    Alves, Alessandra; Martins, Andréa; Adolphsson, Samantha; Bockorny, Bruno; Carleti, Guilherme; Cabral, Gustavo; Souza, Antônio Carlos P.; Vianna, Arthur

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A malária ainda representa um problema de saúde global. A forma grave da doença é causada principalmente por P. falciparum e pode cursar com complicações cerebrais, renais, pulmonares, hematológicas, circulatórias e hepáticas. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de paciente portador de malária grave importada. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 30 anos, pardo, filipino, marinheiro, proveniente de embarcação vinda da Nigéria, com história de dor abdominal no hipocôndrio direito, icterícia, febre e rebaixamento do nível de consciência. Os exames laboratoriais de admissão mostraram hiperbilirrubinemia de 50 mg/dL, acidose metabólica grave, trombocitopenia, creatinina de 5,6 mg/dL, leucocitose com desvio até metamielócitos. O escore APACHE II foi de 37, com risco de óbito de 88%. Durante a internação foi diagnosticada malária por P. falciparum pelo teste de gota espessa. Mesmo com tratamento antimalárico adequado, o paciente evoluiu com insuficiência renal aguda necessitando de hemodiálise e síndrome de angústia respiratória aguda (SARA), necessitando de ventilação mecânica (VM), choque refratário tratado com aminas vasoativas, além de quadro hematológico, configurando um caso grave de disfunção de múltiplos de órgãos. Ainda apresentou pneumonia associada à VM e sepse relacionada ao uso de cateteres. Após a alta hospitalar, o paciente não apresentou seqüelas cerebral, pulmonar ou renal. CONCLUSÕES: Dos critérios definidores de malária grave descritos na literatura, o paciente preenchia: insuficiência renal aguda, síndrome da angústia respiratória aguda (SARA), acidose metabólica, alteração do nível de consciência, hemoglobinúria macroscópica, hiperparasitemia e hiperbilirrubinemia, que se relaciona a uma mortalidade maior que 10%, na dependência do tratamento precoce e dos recursos disponíveis. A malária grave exige diagnóstico e tratamento intensivo rápidos, pois o atraso aumenta a morbimortalidade do paciente.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Malaria is still considered a major global health problem. The severity form of the disease is caused, mainly by P. falciparum and may occur together with cerebral, kidney, pulmonary, hematologic, circulatory and hepatic complications. This report is about a patient with a case of severe imported malaria. CASE REPORT: A 30-years-old man, mulatto, Philippine, sailor, coming from a ship arriving from Nigeria, with a history of abdominal pain on the right hypochondrium, jaundice, fever, decreased in the consciousness. Lab tests made upon his admission showed hyperbilirubinemia at a level of 50 mg/dL, severe metabolic acidosis, thrombocytopenia, creatinine levels of 5.6 mg/dL and leukocytosis with deviation through metamyelocytes. The APACHE II score was 37, with death estimated risk of 88%. During his stay at the hospital, P. Falciparum Malaria was diagnosed through the thick drop test. And, even with the adequate anti-malaria therapy, the patient’s condition evolved to an acute renal failure requiring hemodialis; acute respiratory distress syndrome (ARDS); septic shock, and hematological disorders, forming a multiple organ dysfunction syndrome (MODS). After being discharged from the hospital, the patient did not present any cerebral, pulmonary or kidney sequel. CONCLUSIONS: From the criteria described in medical literature to define critical malaria, the patient fulfilled the following: acute renal failure, ARDS, metabolic acidosis, altered level of consciousness, macroscopic hemoglobinuria, hyperparasitism and hyperbilirubinemia, related to a lethality rate of over 10%, depending on early treatment and available resources. Severe malaria requires fast diagnosis allied to a quick access to an intensive care treatment, since any delay increases the morbid-mortality of the disease.
  • Pulmonary amniotic fluid embolism syndrome: case report and literature review Relatos de Caso

    Almeida, Edmilton Pereira de; Almeida, Maria Antônia Campos; Amaral, Lígia Menezes do; Soares Júnior, Cleber; Haddad, Márcia Abudd; Rodrigues, Lúcia Lopes

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A embolia pulmonar por líquido amniótico é uma complicação obstétrica rara, freqüentemente fatal, de fisiopatologia ainda não totalmente esclarecida e pouco conhecida pelo intensivista e obstetra. O objetivo deste relato foi enfatizar a necessidade de conhecimento desta entidade clínica e discutir a literatura pertinente de maior relevância. RELATO DO CASO: Paciente com 15 anos, primigesta, 34 semanas de gestação, foi admitida no serviço de emergência para tratamento de início de parto prematuro. Queixava-se de tosse e dispnéia. Ao exame clínico apresentava-se taquipneica (28 irm), ausculta pulmonar normal, sem outras anormalidades. Permaneceu em observação com uso de oxigênio através de máscara facial. Houve agravamento progressivo sendo transferida para a UTI. À admissão na UTI apresentava taquipnéia (28 irm), lúcida, pressão arterial (PA) de 104 x 56 mmHg e pressão arterial média (PAM) de 65 mmHg, SpO2 de 87% com fluxo de oxigênio de 5 L/min. Devido à piora progressiva da mecânica ventilatória foi realizada intubação traqueal e instituída ventilação mecânica com pressão controlada e volume garantido. Radiograma de tórax evidenciou infiltrado pulmonar extenso e bilateral. O painel de coagulação evidenciou importante alargamento do tempo de tromboplastina parcial ativado de 34,7 seg na admissão para 57,4 seg, 10 horas após, com redução progressiva nos dias subsequentes. Foi submetida à cesariana na manhã seguinte. Apresentou importante hipotensão arterial no intra-operatório, apesar de utilização de cristalóides em volume aparentemente adequado, sendo iniciado administração de noradrenalina. Foi extubada no 3º dia, recebendo alta hospitalar 13 dias após a admissão, assintomática. CONCLUSÕES: A embolia por líquido amniótico é uma rara e catastrófica complicação da gestação. A síndrome se caracteriza por um quadro súbito de desconforto ventilatório, hipotensão arterial, sintomatologia neurológica e coagulopatia que se iniciou durante ou em 30 min do trabalho de parto. O diagnóstico é de exclusão de outras afecções mais comuns, tais como eclâmpsia, sepse, miocardiopatia periparto, anafilaxia, tromboembolismo pulmonar, reações transfusionais, complicações anestésicas e estenose mitral, que podem surgir ou agravar-se durante o trabalho de parto. Pode ocorrer durante ou logo após aborto cirúrgico, amniocentese ou colocação de transdutor de pressão na cavidade uterina. O tratamento é o de suporte hemodinâmico, ventilatório e correção dos distúrbios de coagulação. A interrupção imediata da gestação, através de cesariana, parece trazer benefícios para a mãe e concepto. Os intensivistas e obstetras devem estar atentos para esta entidade com o intuito de diagnóstico e tratamento imediatos.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Amniotic fluid embolism is a rare complication of pregnancy whose physiopathology is not completely known and still not frequently remembered by intensive care physicians and obstetricians. The main aim of this case report was to emphasize the need of better knowledge of this disease by physicians. CASE REPORT: A 15 years old, primigravida, 35th week of gestation was admitted in our intensive care unit (ICU) with a sudden respiratory distress. Soon after admission she was intubated and put on mechanical ventilation. After stabilization she was transferred to the operating room and a cesarean section was undertaken. During the operation, instead of fluid reposition with crystalloids in large amounts, her hemodynamic status deteriorated and it was necessary to use vasoactive drugs. After three days on mechanical ventilation she was successfully weaned and discharged from the intensive care unit (ICU) after 6 days. She and her baby were discharged from hospital on13th day of hospitalization. CONCLUSIONS: Amniotic fluid embolism is a rare and catastrophic complication of pregnancy, at least in its classic presentation. It is characterized by acute respiratory distress, hemodynamic compromise and coagulopathy that occur during or within 30 min after labor. Diagnosis is by exclusion of other conditions of pregnancy or diseases that can be aggravated during pregnancy such as eclampsia, sepsis, pos-partum cardiomyopathy, anaphylaxis, pulmonary thromboembolism, transfusion reactions, anesthetic complications and mitral stenosis. There is growing evidence that we have a spectrum of manifestation which can be more common that in the classic ones. The treatment is supportive of vital functions, such as mechanical ventilation, fluid reposition, vasoactive drugs and fresh frozen plasma as necessary. The intensive care physicians and obstetricians should be aware of this disease in order to make early diagnosis and prompt treatment.
  • Sepsis during pregnancy: case report Relatos de Caso

    Laks, Renato; Pedroso, José L.; Pinto, Juliana E. Marques; Gois, Aécio F. T.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sepse durante a gestação é uma complicação rara. O comprometimento fetal resulta principalmente da descompensação materna, por conseguinte, o tratamento deve ser direcionado ao bem-estar da mãe. Poucas evidências permitem extrapolar o tratamento de pacientes não gestantes para as gestantes, porém, o tratamento baseado no Surviving Sepsis Campaing parece adequado e prático. O objetivo deste estudo foi rever o tratamento da sepse na gestação e relatar um caso de gestante com sepse grave que evoluiu favoravelmente. RELATO DO CASO: Paciente com 22 anos, primigesta, na 27ª semana de gestação foi internada com diagnóstico de pielonefrite aguda. Um dia após a internação apresentou quadro de sepse, com hipoxemia refratária às medidas não-invasivas necessitando de intubação traqueal. Após a intubação evoluiu com hipotensão refratária à expansão volêmica necessitando de fármaco vasoativo. Foi interrompido o uso de noradrenalina no mesmo dia e prescrito cefepima. Evoluiu com importante melhora dos padrões ventilatórios, sendo extubada e recebeu alta hospitalar logo após completar o tratamento com antibiótico. Ao completar a 42ª semana de gestação foi internada para indução do trabalho de parto, sendo realizado parto vaginal, sem intercorrências. CONCLUSÕES: A sepse na gestação, mesmo sendo rara é potencialmente fatal. O tratamento foi baseado no Surviving Sepsis Campaign e a paciente apresentou melhora significativa dos parâmetros de perfusão nas primeiras horas com ótima evolução, apesar da gravidade da doença.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sepsis during pregnancy is a rare complication. This potentially fatal disease often occurs due to maternal infectious and can lead to fetal loss. Therefore, any attempted treatment must be aimed at the mother’s well being. As a matter of fact, there are few recent medical publications about sepsis in pregnancy. In spite of this, the treatment based on Surviving Sepsis Campaign seems suitable and practical. The aim of this article is making a case report highlighting a very well succeeded treatment of a pregnant woman with urinary sepsis. CASE REPORT: A 22 year old in her 27th week of pregnancy is hospitalized with pyelonefhritis. One day later, she begins presenting signs of sepsis and unresponsive hypoxemia, resulting in intubation. Afterwards, she evolved with persistent low blood pressure that was unresponsive to volume expansion and had to be put on vasopressor medication. She received intensive care support based on Surviving Sepsis Campaign. The patient evolved with an important improvement of her ventilatory stats and was extubated. After completing antibiotic treatment, she was discharged and delivered a healthy baby after 42 weeks pregnancy. CONCLUSIONS: Sepsis in pregnancy is a rare and potentially fatal complication. The main treatment is based on Surviving Sepsis Campaign. The patient had an outstanding improvement and overcame her condition after intensive care support.
  • Noninvasive mechanical ventilation with positive pressure III Consenso Brasileiro de Ventilação Mecância

    Schettino, Guilherme P. P.; Reis, Marco Antonio Soares; Galas, Filomena; Park, Marcelo; Franca, Suelene Aires; Okamoto, Valdelis Novis; Carvalho, Carlos R. R.

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em 2000, foi publicado o II Consenso Brasileiro de Ventilação Mecânica. Desde então, o conhecimento na área da ventilação mecânica avançou rapidamente, com a publicação de numerosos estudos clínicos que acrescentaram informações importantes para o manejo de pacientes críticos em ventilação artificial. Além disso, a expansão do conceito de Medicina Baseada em Evidências determinou a hierarquização das recomendações clínicas, segundo o rigor metodológico dos estudos que as embasaram. Essa abordagem explícita vem ampliando a compreensão e a aplicação das recomendações clínicas. Por esses motivos, a AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira - e a SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - julgaram conveniente a atualização das recomendações descritas no Consenso anterior. Dentre os tópicos selecionados a Ventilação Mecânica Não-Invasiva foi um dos temas propostos. O objetivo deste estudo foi descrever os pontos mais importantes relacionados à ventilação mecânica na forma não-invasiva (VMNI) e sugerir as principais indicações dessa modalidade. MÉTODO: Objetivou-se chegar a um documento suficientemente sintético, que refletisse a melhor evidência disponível na literatura. A revisão bibliográfica baseou-se na busca de estudos através de palavras-chave e em sua gradação conforme níveis de evidência. As palavras-chave utilizadas para a busca foram: Ventilação mecânica não invasiva: Non-invasive mechanical ventilation. RESULTADOS: São apresentadas recomendações quanto à utilização da VMNI nas diversas formas de insuficiência respiratória e no desmame da ventilação mecânica. CONCLUSÕES: A VMNI está indicada como o tratamento preferencial na exacerbação da DPOC, assim como, na assistência de pacientes em edema agudo de pulmão.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The II Brazilian Consensus Conference on Mechanical Ventilation was published in 2000. Knowledge on the field of mechanical ventilation evolved rapidly since then, with the publication of numerous clinical studies with potential impact on the ventilatory management of critically ill patients. Moreover, the evolving concept of evidence - based medicine determined the grading of clinical recommendations according to the methodological value of the studies on which they are based. This explicit approach has broadened the understanding and adoption of clinical recommendations. For these reasons, AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira and SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - decided to update the recommendations of the II Brazilian Consensus. Non-Invasive Mechanical ventilation has been one of the updated topics. Describe the most important topics on the non-invasive mechanical ventilation and suggest the main therapeutic approaches of this modality. METHODS: Systematic review of the published literature and gradation of the studies in levels of evidence, using the keywords "non-invasive mechanical ventilation". RESULTS: Recommendations on the non-invasive mechanical ventilation during respiratory failure and weaning are presented. CONCLUSIONS: Non-invasive mechanical ventilation is the main form of ventilatory support during exacerbation of chronic obstructive pulmonary disease and in acute pulmonary edema patients.
  • Mechanical ventilation in acute asthma crisis III Consenso Brasileiro de Ventilação Mecância

    Barbas, Carmen Sílvia Valente; Pinheiro, Bruno do Valle; Vianna, Arthur; Magaldi, Ricardo; Casati, Ana; José, Anderson; Okamoto, Valdelis Novis

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em 2000, foi publicado o II Consenso Brasileiro de Ventilação Mecânica. Desde então, o conhecimento na área da ventilação mecânica avançou rapidamente, com a publicação de inúmeros estudos clínicos que acrescentaram informações importantes para o manuseio de pacientes críticos em ventilação artificial. Além disso, a expansão do conceito de Medicina Baseada em Evidências (MBE) determinou a hierarquização das recomendações clínicas, segundo o rigor metodológico dos estudos que as embasaram. Essa abordagem explícita vem ampliando a compreensão e a aplicação das recomendações clínicas. Por esses motivos, a AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira - e a SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - julgaram conveniente a atualização das recomendações descritas no Consenso anterior. Dentre os tópicos selecionados a Ventilação Mecânica na Crise de Asma foi um dos temas propostos. O objetivo deste estudo foi descrever os pontos mais importantes relacionados à ventilação mecânica durante a crise de asma e sugerir as principais abordagens terapêuticas. MÉTODO: Objetivou-se chegar a um documento suficientemente sintético, que refletisse a melhor evidência disponível na literatura. A revisão bibliográfica baseou-se na busca de estudos através de palavras-chave e em sua gradação conforme níveis de evidência. As palavras-chave utilizadas para a busca foram: Ventilação mecânica na asma: asthma and mechanical ventilation. RESULTADOS: São apresentadas recomendações quanto aos modos ventilatórios e aos parâmetros a serem aplicados quando do ajuste do ventilador, além da monitoração recomendada. Apresentam-se ainda, técnicas alternativas que possam ser utilizadas. CONCLUSÕES: Estratégias protetoras de ventilação mecânica são recomendadas durante a ventilação mecânica de paciente asmático grave.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The II Brazilian Consensus Conference on Mechanical Ventilation was published in 2000. Knowledge on the field of mechanical ventilation evolved rapidly since then, with the publication of numerous clinical studies with potential impact on the ventilatory management of critically ill patients. Moreover, the evolving concept of evidence - based medicine determined the grading of clinical recommendations according to the methodological value of the studies on which they are based. This explicit approach has broadened the understanding and adoption of clinical recommendations. For these reasons, AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira and SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - decided to update the recommendations of the II Brazilian Consensus. Mechanical ventilation in the asthma attack has been one of the updated topics. Describe the most important topics on the mechanical ventilation during the asthma attack and suggest the main therapeutic approaches. METHODS: Systematic review of the published literature and gradation of the studies in levels of evidence, using the key words "mechanical ventilation" and "asthma". RESULTS: We present recommendations on the ventilatory modes and settings to be adopted when ventilating a patient during an asthma attack, as well as the recommended monitoring. Alternative ventilation techniques are also presented. CONCLUSIONS: Protective ventilatory strategies are recommended when ventilating a patient during a severe asthma attack.
  • Mechanical ventilation in chronic obstructive pulmonary disease III Consenso Brasileiro de Ventilação Mecância

    Jezler, Sérgio; Holanda, Marcelo A.; José, Anderson; Franca, Suelene Aires

    Abstract in Portuguese:

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em 2000, foi publicado o II Consenso Brasileiro de Ventilação Mecânica. Desde então, o conhecimento na área da ventilação mecânica avançou rapidamente, com a publicação de numerosos estudos clínicos que acrescentaram informações importantes para o manejo de pacientes críticos em ventilação artificial. Além disso, a expansão do conceito de Medicina Baseada em Evidências determinou a hierarquização das recomendações clínicas, segundo o rigor metodológico dos estudos que as embasaram. Essa abordagem explícita vem ampliando a compreensão e a aplicação das recomendações clínicas. Por esses motivos, a AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira - e a SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - julgaram conveniente a atualização das recomendações descritas no Consenso anterior. Dentre os tópicos selecionados a Ventilação Mecânica na Agudização da DPOC foi um dos temas propostos. O objetivo deste estudo foi descrever os pontos mais importantes relacionados à ventilação mecânica durante a agudização da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e sugerir as principais abordagens terapêuticas. MÉTODO: Objetivou-se chegar a um documento suficientemente sintético, que refletisse a melhor evidência disponível na literatura. A revisão bibliográfica baseou-se na busca de estudos através de palavras-chave e em sua gradação conforme níveis de evidência. As palavras-chave utilizadas para a busca foram: ventilação mecânica na DPOC: COPD and mechanical ventilation. RESULTADOS: São apresentadas recomendações quanto aos modos ventilatórios e aos parâmetros a serem aplicados quando do ajuste do ventilador, além da monitoração recomendada. Apresentam-se ainda, técnicas alternativas que possam ser utilizadas. CONCLUSÕES: Estratégias protetoras de ventilação mecânica são recomendadas durante a ventilação mecânica de um paciente DPOC agudizado.

    Abstract in English:

    BACKGROUND AND OBJECTIVES: The II Brazilian Consensus Conference on Mechanical Ventilation was published in 2000. Knowledge on the field of mechanical ventilation evolved rapidly since then, with the publication of numerous clinical studies with potential impact on the ventilatory management of critically ill patients. Moreover, the evolving concept of evidence - based medicine determined the grading of clinical recommendations according to the methodological value of the studies on which they are based. This explicit approach has broadened the understanding and adoption of clinical recommendations. For these reasons, AMIB - Associação de Medicina Intensiva Brasileira and SBPT - Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia - decided to update the recommendations of the II Brazilian Consensus. Mechanical ventilation in COPD exacerbation has been one of the updated topics. Describe the most important topics on the mechanical ventilation during the COPD exacerbation and suggest the main therapeutic approaches. METHODS: Systematic review of the published literature and gradation of the studies in levels of evidence, using the keywords "mechanical ventilation" and "COPD". RESULTS: We present recommendations on the ventilatory modes and settings to be adopted when ventilating a patient during an asthma attack, as well as the recommended monitoring. Alternative ventilation techniques are also presented. CONCLUSIONS: Protective ventilatory strategies are recommended when ventilating a patient during a.
  • Ventilação mecânica não-invasiva aplicada em pacientes com insuficiência respiratória aguda após extubação traqueal (RBTI, 2006;18:338-343) Carta ao Editor

    Roese, Cláudia Adegas; Forgianini Junior, Luiz Alberto; Dias, Alexandre Simões; Monteiro, Mariane Borba
Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Rua Arminda, 93 - Vila Olímpia, CEP 04545-100 - São Paulo - SP - Brasil, Tel.: (11) 5089-2642 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbti.artigos@amib.com.br