Flutuação das variáveis séricas em cabras e estudo comparativo da absorção de anticorpos em cabritos recém-nascidos utilizando colostro bovino e caprino

Fluctuation of serum variables in goats and comparative study of antibody absorption in new-born kids using cattle and goat colostrum

Objetivou-se determinar a flutuação no nível de anticorpos séricos em cabras nos períodos pré e pós-parto e a eficiência do processo de aquisição de imunidade passiva em cabritos recém-nascidos utilizando colostros bovino e caprino, visando à avaliação de uma alternativa de manejo de colostro. Foram utilizadas 18 cabras e suas respectivas crias, num total de 33 animais. A coleta de sangue das cabras foi iniciada 45 dias antes da data prevista para o parto e foi realizada em intervalos de cinco dias até o 5º dia após o parto. Os cabritos foram distribuídos em dois grupos: um grupo recebeu colostro caprino e o outro colostro bovino. As coletas de sangue foram feitas às 0, 12, 24 e 48 horas e aos 5, 10, 15, 17, 20, 25, 30, 35, 40, 50 e 60 dias de vida. Foram analisadas as concentrações séricas de proteína total e imunoglobulinas, além da concentração de imunoglobinas no colostro. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado e as variáveis séricas analisadas como medidas repetidas. A ausência de queda na concentração sérica de proteínas totais e imunoglobinas no período pré-parto indica que a mobilização de anticorpos para glândula mamária ocorre em concentrações que permitem o animal manter essas variáveis sem grandes alterações. No grupo que recebeu colostro bovino, a data de concentração máxima de proteínas totais (7,16 ± 0,28 g/dL) foi verificada às 48,68 ± 0,70 horas de vida e a de imunoglobinas, às 48,75 ± 0,73 horas, com média de 37,56 ± 2,38 unidades ZST (turvação por sulfato de zinco). No grupo que recebeu colostro caprino, os valores máximos de proteínas totais e imunoglobinas séricas ocorreram mais tardiamente, aos 20,05 ± 1,36 e 20,11 ± 1,72 dias de vida, com médias de 5,91 ± 0,22 g/dL e 28,17 ± 2,05 unidades ZST, respectivamente. O colostro caprino pode ser substituído pelo colostro bovino, que promove melhor aquisição inicial de imunoglobulinas aos neonatos.

imunoglobulinas; pequenos ruminantes; proteína sérica; Saanen


Sociedade Brasileira de Zootecnia Universidade Federal de Viçosa / Departamento de Zootecnia, 36570-900 Viçosa MG Brazil, Tel.: +55 31 3612-4602, +55 31 3612-4612 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rbz@sbz.org.br