Avaliação de cinco híbridos de milho (Zea mays, L.) em diferentes estádios de maturação: 1. Produtividade, características morfológicas e correlações

Evaluation of five corn hybrids (Zea mays, L.) at different maturity stages: 1. Productivity, morphologic traits and correlations

Este trabalho foi conduzido para se avaliarem produtividade e as características morfológicas de cinco híbridos de milho Pioneer: superprecoce P32R21, os precoces P30R07, P3041, P30F33 e o semiprecoce P30F80, em cinco estádios de maturação. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repetições. A colheita das amostras dos híbridos de milho foi adotada estimando-se cinco estádios de maturidade da planta: 30, 34, 38, 42 e 46% de matéria seca. Por ocasião da colheita, no primeiro estádio de maturação, foram tomados alguns parâmetros para avaliação, como altura da planta, altura inserção de espiga, peso da planta, diâmetro de colmo e número médio de espigas. Para cada estádio de maturação, procedeu-se à separação de colmo + bainha, lâmina foliar, grão, sabugo e palha. Os híbridos superprecoce P32R21 e o precoce P3041 apresentaram maiores peso, diâmetro de colmo e altura de planta. As produções de matéria seca (MS), massa verde, grãos, lâmina foliar e colmo + bainha, expressas em toneladas/ha, diferiram entre os híbridos avaliados e houve efeito de dias pós-plantio (DPP). O aumento na produção de MS verificado com o avanço do estádio de maturidade dos híbridos foi correlacionado positivamente com o aumento da produção de grãos (R² = 64,3%). A produção de MS correlacionou-se positivamente com a percentagem de espiga (R² = 56,0%) e negativamente (R² = -56,7%) com a percentagem de colmo + bainha (em relação a planta inteira).

colmo; espiga; grãos; lâmina foliar; matéria seca; milho


Sociedade Brasileira de Zootecnia Universidade Federal de Viçosa / Departamento de Zootecnia, 36570-900 Viçosa MG Brazil, Tel.: +55 31 3612-4602, +55 31 3612-4612 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rbz@sbz.org.br