Sólidos totais do leite em amostras de tanque nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo

Milk total solids in bulk tank samples of Paraná, Santa Catarina and São Paulo States

Objetivou-se, neste trabalho, estudar a variação dos sólidos totais em amostras de leite de tanques de 32.590 rebanhos dos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Foram analisadas 257.540 amostras de leite de tanques coletadas entre janeiro de 1999 e novembro de 2001, no Laboratório Central do Programa de Análise de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR), da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa. Utilizando-se o método dos quadrados mínimos, foram estudados os efeitos de rebanho, região, mês e ano de análise, idade da amostra e escore de células somáticas sobre os sólidos totais, em amostras de leite de tanques. As médias ajustadas dos sólidos totais por região variaram de 11,78 a 12,83%; a maior média foi verificada em maio de 2001 e a menor, em janeiro de 2000; os sólidos totais não demonstraram variação até o quinto dia de análise; o efeito de escore de células somáticas foi contraditório, se comparado aos relatados por outros autores. Todos os fatores incluídos no modelo linear foram altamente significativos sobre as características analisadas. O coeficiente de correlação entre sólidos totais e seus componentes foi de 0,875 para gordura, 0,653 para proteína, 0,237 para lactose, e 0,643 para sólidos não-gordurosos. A correlação de sólidos totais com contagem de células somáticas foi 0,012, e com escore de células somáticas, de 0,023.

células somáticas; composição do leite; qualidade do leite; rebanho leiteiro


Sociedade Brasileira de Zootecnia Universidade Federal de Viçosa / Departamento de Zootecnia, 36570-900 Viçosa MG Brazil, Tel.: +55 31 3612-4602, +55 31 3612-4612 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rbz@sbz.org.br