Zeólitas e Yucca schidigera em rações para cães: palatabilidade, digestibilidade e redução de odores fecais

Zeolites and Yucca schidigera in commercial ration for dogs: palatability, digestibility and reduction of fecal odors

Objetivou-se com este trabalho determinar a interferência dos aditivos extrato de Yucca schidigera e zeólitas (Clinoptilolita) na palatabilidade e digestibilidade de rações comerciais e avaliar sua capacidade de redução do odor das fezes e melhora da consistência fecal de cães. Utilizaram-se cães adultos da raça Beagle com peso médio de ±12,51 kg em três experimentos, todos em delineamento inteiramente casualizado. No teste de palatabilidade, realizado nos dez dias iniciais, utilizaram-se 16 animais distribuídos em duas dietas (controle, com 1,00% de zeólita; e controle + 375 ppm de Yucca schidigera) e, no teste de redução de odor das fezes, realizado nos seis dias posteriores, utilizaram-se 14 animais distribuídos em sete dietas (uma controle e outras seis, formuladas a partir da dieta controle, porém contendo Yucca schidigera (125, 250 ou 375 ppm) ou zeólitas (0,50; 0,75; ou 1,00%). Essas dietas foram utilizadas também no teste de digestibilidade e escore fecal, realizado com 21 animais durante 20 dias. A inclusão desses aditivos na dieta não prejudica a palatabilidade nem a digestibilidade de matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo e energia bruta do alimento fornecido. Os níveis de 0,75% e 1,0% de zeólitas reduz significativamente o odor das fezes e aumenta a consistência fecal quando adicionados a rações comerciais para cães.

aditivos; alumíniossilicatos; saponina


Sociedade Brasileira de Zootecnia Universidade Federal de Viçosa / Departamento de Zootecnia, 36570-900 Viçosa MG Brazil, Tel.: +55 31 3612-4602, +55 31 3612-4612 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rbz@sbz.org.br