Efeito da restrição alimentar no desempenho produtivo e econômico de cabritos F1 Boer x Saanen

Effect of feed restriction on economical and productive performances of F1-Boer x Saanen goats

Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito dos níveis de restrição alimentar (0, 30 e 60%) sobre o desempenho produtivo e econômico de cabritos F1 Boer x Saanen. Foram utilizados 21 cabritos inteiro, com média de 15,44 ± 0,37 kg de peso vivo (PV). Os animais do nível de restrição 0%, quando atingiram 25 kg de PV, foram submetidos a jejum (sólido de 24 horas e hídrico de 16 horas) e abatidos com seus pares. A análise econômica foi referente, exclusivamente, aos custos com alimentação (U$1,00:R$3,70). A eficiência alimentar dos animais submetidos a 0 e 30% de restrição não diferiu. A restrição teve efeito linear decrescente para renda bruta média, quadrática para margem bruta média e rentabilidade média. Houve redução do custo da alimentação por kg de corpo vazio, de carcaça quente e de carcaça fria. A restrição em níveis moderados manteve a eficiência alimentar e reduziu as perdas com alimentação. A criação de cabrito leiteiro para abate entre 20 e 25 kg de PV, com restrição a partir dos 15 kg, aumentou a rentabilidade sobre o investimento em alimentação até o nível de 15,59% e diminuiu os custos com alimentação por kg de carcaça fria até o nível de 16,13% de restrição, caracterizando-se como alternativa ao sacrifício desses animais e à agregação de valor ao sistema de produção. Por outro lado, a compra de cabritos a preço de mercado para terminação até 25 kg de PV caracterizou-se como atividade de risco.

eficiência alimentar; peso de carcaça fria; rentabilidade média


Sociedade Brasileira de Zootecnia Universidade Federal de Viçosa / Departamento de Zootecnia, 36570-900 Viçosa MG Brazil, Tel.: +55 31 3612-4602, +55 31 3612-4612 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rbz@sbz.org.br