Accessibility / Report Error

Uma nova espécie do gênero Potnia Stål (Hemiptera, Auchenorrhyncha, Membracidae)

A new species of the genus Potnia Stål (Hemiptera, Auchenorrhyncha, Membracidae)

Gabriel Simões de Andrade Sobre o autor

Resumo

Potnia spatulata sp. nov., from Amazonas State, Brazil, is described and illustrated.

Hoplophorionini; Membracinae; Membracoidea; taxonomy


Hoplophorionini; Membracinae; Membracoidea; taxonomy

Uma nova espécie do gênero Potnia Stål (Hemiptera, Auchenorrhyncha, Membracidae)

A new species of the genus Potnia Stål (Hemiptera, Auchenorrhyncha, Membracidae)

Gabriel Simões de Andrade

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Rua Universitária 2069, Caixa Postal 711, 85819-110 Cascavel, Paraná, Brasil. E-mail: gsa@certto.com.br

ABSTRACT

Potnia spatulatasp. nov., from Amazonas State, Brazil, is described and illustrated.

Key words: Hoplophorionini, Membracinae, Membracoidea, taxonomy.

O gênero Potnia Stål, 1866 foi descrito para acomodar duas espécies. O montante do conhecimento dos táxons no século seguinte é sumarizado em METCALF & WADE (1965), onde 10 espécies são reconhecidas como válidas. CREÃO-DUARTE & SAKAKIBARA (1996) revisaram o gênero, reconhecendo 15 espécies válidas, das quais seis descritas como novas, e mais duas não reconhecidas. O catálogo de MCKAMEY (1998) segue o arranjo de METCALF & WADE (1965), mais os apontamentos de MCKAMEY & DEITZ (1991), perfazendo o total de 13 espécies válidas, mas por ser contemporâneo omite as novidades de CREÃO-DUARTE & SAKAKIBARA (1996). Neste artigo é acrescentada mais uma nova espécie, procedente da Hiléia Amazônica, semelhante à ilustração original da fêmea de P. affinis Buckton, 1903. Consultando informações, S.H. McKamey (comunicação pessoal) comunicou: "It looks nothing like Potnia affinis. What you have there is a new species.".

Potniaspatulata sp. nov.

Figs 1-2


Tipos e localidade-tipo. Holótipo macho de "BRASIL: Amazonas/BR 319, km. 275/17-V-1978 / Norman D. Penny", "Potnia sp./A.M. Sakakibara 1990" (depositado na coleção do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, Amazonas, Brasil). Parátipo: 1 fêmea, "COLEÇÃO/CAMPOS SEABRA", "Obidos - Pará/BRASIL/X.1962/J. Brasilino" (depositado na coleção de Entomologia "Pe. J.S. Moure" do Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Paraná, Brasil).

Medidas (em milímetros). Macho (holótipo)/fêmea (parátipo). Largura da cabeça: 2,95/3,05; comprimento da cabeça: 0,95/1,00; distância entre os ângulos umerais: 4,80/4,80; comprimento do pronoto: 11,10/13,20; comprimento da base da cabeça ao ápice das tégminas: 9,00/9,70.

Descrição. Holótipo macho. Corpo revestido de pilosidade grísea, coloração geral acastanhada, enegrecida ao longo da sutura coronal, entre os olhos e ocelos, no contorno das impressões musculares do metopídio, nos ângulos umerais, na frente e laterais da base do processo pronotal anterior, nos bordos e superfícies intercarenas do processo pronotal anterior e na região dorso mediana do pronoto. Carenas do processo pronotal anterior e do dorso do pronoto ambarinas, algo escurecidas em intervalos irregulares. Tégminas transparentes, exceto bordo costal acastanhado e mácula amarela junto à base das veias R e M; asas posteriores hialinas, com veias castanhas. Região esternal e coxas castanhas, pernas amarelo escuras.

Cabeça transversa, aproximadamente três vezes mais larga que longa, arqueada na margem superior, estriada na base em direção aos espaços ocelo-oculares, depressa ao longo da sutura coronal e dos espaços ocelo-oculares e protuberante nas áreas ocelares. Ocelos equidistantes entre si e dos olhos, situados logo acima da linha imaginária que passa pelo centro dos olhos. Lóbulos supra-antenais escavados, corrugados, com margens arrredondadas. Frontoclípeo subpentagonal, metade distal achatada ventralmente e com projeções laterais delimitadas por sulco.

Pronoto grosseiramente pontuado e corrugado, ligeiramente giboso no meio atrás dos ângulos umerais, com carenas anastomosadas no metopídio e regiões acima dos ângulos umerais, delineadas e retas na porção posterior. Lóbulos pós-oculares pontuados e corrugados, com bordo posterior emarginado. Ângulos umerais aproximadamente em ângulo reto em vista dorsal. Processo pronotal anterior laminado, em forma de espátula, arredondado no ápice, com cinco carenas delineadas e paralelas entre si, porém divergentes próximo ao ápice. Processo pronotal posterior tectiforme, ápice atingindo o ângulo externo da terceira célula apical das tégminas.

Tégminas coriáceas na região adjacente à área basal da célula R e da célula anal, com duas células discoidais e cinco células apicais. Asas posteriores com quatro células apicais.

Pernas com tíbias clavadas, com tarsos I e II cerca de 2/3 do comprimento da tíbia, tarsos III reduzidos.

Genitália. Edeago com formato aproximado de um U, apódema alargado, armação posterior ereta, intumescida, escavada e com carenas laterais ao longo dos 2/4 medianos da face dorsal, e com denticulação homogênea no terço distal da face dorsal. Parâmeros engrossados medianamente, porção apical mais esclerotinizada, dirigida para os lados e com os ápices recurvados para frente. Placas laterais do pigóforo distintas, oblongas. Placa subgenital alongada, largamente fendida medianamente.

Fêmea. Semelhante ao macho, apenas maior, notadamente o processo pronotal anterior mais desenvolvido.

Comentários. Difere das demais espécies notadamente pela conformação espatulada do processo pronotal anterior.

AGRADECIMENTOS

Ao Prof. Dr. Vladimir Pavan Margarido (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), pela confecção dos originais das fotografias, ao Dr. Stuart H. McKamey (National Museum of Natural History, Washington, D.C.), por informações e sugestões, e aos curadores pelo empréstimo de material para estudo.

Recebido em 02.VII.2003; aceito em 15.XI.2003.

  • CREÃO-DUARTE, A.J. & A.M. SAKAKIBARA. 1996. Revisão do gênero Potnia Stål (Homoptera, Membracidae, Membracinae, Hoplophorionini). Revista Brasileira de Zoologia, Curitiba, 13 (4): 1001-1021.
  • MCKAMEY, S.H. & L.L. DEITZ. 1991. Nomenclatural changes in the treehopper tribes Hoplophorionini, Smiliini, and Talipedini (Homoptera: Membracidae). Proceedings of the Entomological Society of Washington, Washington, 93 (1): 193-196.
  • MCKAMEY, S.H. 1998. Taxonomic Catalogue of the Membracoidea (Exclusive of Leafhoppers) – Second Supplement to Fascicle 1 - Membracidae of the General Catalogue of the Hemiptera. Memoirs of the American Entomological Institute, Gainesville, 60: 1-377.
  • METCALF, Z.P. & V. WADE. 1965. General catalogue of the Homoptera. A supplement to Fascicle I - Membracidae of the General catalogue of Hemiptera. Membracoidea. In two sections. Raleigh, North Carolina State University, 1552p.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    07 Abr 2004
  • Data do Fascículo
    Dez 2003

Histórico

  • Aceito
    15 Nov 2003
  • Recebido
    02 Jul 2003
Sociedade Brasileira de Zoologia Caixa Postal 19020, 81531-980 Curitiba PR Brasil, Tel./Fax: +55 41 3266-6823, - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: sbz@bio.ufpr.br