Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.)

Periods of weeds interference in culture common bean (Phaseolus vulgaris)

Objetivou-se nesta pesquisa determinar os períodos de interferência de plantas daninhas no feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivado em plantio direto, em Rolim de Moura-RO. Dois ensaios foram conduzidos simultaneamente; no primeiro a cultura permaneceu livre da competição com plantas daninhas desde a emergência até os 7; 14; 21; 28; 35; 42; 49 e 64 dias; no segundo a cultura permaneceu em competição com a comunidade infestante pelos períodos citados no primeiro ensaio. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. A Digitaria horizontalis e Zea mays foram as espécies que apresentaram maior importância. A D. horizontalis atingiu altas frequências relativas, dominância relativa e densidade de até 95,3%. A Z. mays apesar dos baixos índices de densidade e freqüência relativa, apresentou alta dominância relativa pelo grande acúmulo de massa seca. O rendimento de grãos do feijoeiro foi afetado pela convivência com as plantas daninhas. Assumindo perdas de 5% no rendimento de grãos do feijoeiro pela interferência da comunidade infestante o período anterior à interferência foi de quatro dias, onde não foi necessária a realização do controle. O período total de prevenção da interferência foi de dezoito dias após a emergência (DAE) e o período crítico de prevenção da interferência situou-se entre os quatro e os dezoito DAE. Neste período até 18 DAE a convivência do feijoeiro com plantas daninhas ocasionou diminuição no rendimento da cultura por competirem pelos recursos do meio, onde houve necessidade de serem controladas.

Comunidade infestante; Competição; Plantio direto


Universidade Federal do Ceará Av. Mister Hull, 2977 - Bloco 487, Campus do Pici, 60356-000 - Fortaleza - CE - Brasil, Tel.: (55 85) 3366-9702 / 3366-9732, Fax: (55 85) 3366-9417 - Fortaleza - CE - Brazil
E-mail: ccarev@ufc.br