Ampliação do espectro do biocontrole de doenças foliares em arroz com combinações de rizobactérias

Ismail Teodoro de Souza Júnior Jaqueline Tavares Schafer Bianca Obes Corrêa Gustavo Daltrozo Funck Andréa Bittencourt Moura Sobre os autores

RESUMO

A cultura do arroz irrigado está sujeita à ocorrência de várias doenças cujos danos provocam perdas na produtividade. Atualmente buscam-se alternativas para o controle destas doenças, sendo o biocontrole uma possibilidade viável. No sentido de ampliar o espectro de ação do biocontrole, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de combinações de bactérias biocontroladoras sobre a brusone (Pyricularia grisea), mancha parda (Bipolaris oryzae) e escaldadura (Gerlachia oryzae) em plantas de arroz. O efeito das combinações de isolados foi avaliado por microbiolização de sementes de arroz, cultivar El Paso L144, com suspensões das bactérias DFs185 (Pseudomonas synxantha), DFs223 (P. fluorescens), DFs306 (não identificada), DFs416 e DFs418 (Bacillus sp.) usadas individualmente ou combinadas em arranjos de dois, três e quatro isolados compatíveis. Como controle foram utilizadas sementes tratadas com o fungicida Carboxin+Thiran (T+F) na dosagem final correspondente a 3 mL kg-1. Considerando as doenças foliares em conjunto, oito tratamentos controlaram significativamente as três doenças, sendo superiores ao tratamento com fungicida. Dentre estes tratamentos, sete foram combinações. Somente a bactéria DFs306 foi capaz de controlar as três doenças quando usada individualmente. Assim, acredita-se que combinações de bactérias quando microbiolizadas em sementes de arroz ampliam o espectro de ação para o controle das doenças, brusone, mancha parda e escaldadura.

Palavras-chave:
Oryza sativa; Pyricularia grisea; Bipolaris oryzae; Gerlachia oryzae; Microbiolização de sementes

Universidade Federal do Ceará Av. Mister Hull, 2977 - Bloco 487, Campus do Pici, 60356-000 - Fortaleza - CE - Brasil, Tel.: (55 85) 3366-9702 / 3366-9732, Fax: (55 85) 3366-9417 - Fortaleza - CE - Brazil
E-mail: ccarev@ufc.br