Tamanho de amostra para teste de germinação de Mimosa caesalpiniifolia Benth, espécie nativa da Caatinga

Sample size for testing the germination of Mimosa caesalpiniifolia Benth, a native species of the Caatinga

O objetivo desse trabalho é definir o tamanho da amostra para teste de germinação de Mimosa caesalpiniifolia Benth. O experimento foi realizado em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 8, seis números de sementes (20; 25; 30; 50; 70 e 100) e oito números de repetições (3; 4; 5; 6; 7; 8; 9 e 10), com cinco repetições. Foram utilizados 20 repetições para cada número de sementes, das quais se realizaram sorteios para obtenção das repetições de cada tratamento. O teste de germinação foi realizado em germinador, tipo BOD, a 30 °C com fotoperíodo 12 h, em papel germitest. As características avaliadas foram: índice de variação para percentagem de germinação e para velocidade de germinação. O número de sementes que resultou em menor índice de variação, para os números de repetições seis, sete, oito e dez, variou de 65 a 79 sementes por repetição. Para três e cinco repetições constatou-se tendência de redução do índice de variação para percentagem de germinação com o aumento do número de sementes por repetição, justificando utilizar para testes de germinação no mínimo seis repetições. Para o índice de velocidade de germinação não se constatou efeito do número de repetição sobre o índice de variação, enquanto que o número de sementes que resultou em menor índice de variação, independente do número de repetições, foi 75 sementes. Para o lote de sementes avaliado, recomendam-se utilização de seis repetições com número de sementes por repetição variando de 65 a 79 sementes.

Sementes florestais; Repetição; Número de sementes


Universidade Federal do Ceará Av. Mister Hull, 2977 - Bloco 487, Campus do Pici, 60356-000 - Fortaleza - CE - Brasil, Tel.: (55 85) 3366-9702 / 3366-9732, Fax: (55 85) 3366-9417 - Fortaleza - CE - Brazil
E-mail: ccarev@ufc.br