Accessibility / Report Error

Produção e composição do leite de vacas leiteiras alimentadas com dietas contendo castanha de caju

RESUMO

O presente trabalho avaliou a produção e a composição do leite de vacas leiteiras alimentadas com níveis crescentes de castanha de caju na porção concentrada da dieta. Foram utilizadas oito vacas holandesas multíparas, entre a terceira e a quinta lactação, com produção média de 28,0 ? 4,0 kg de leite dia-1, dispostas em delineamento experimental quadrado latino 4 x 4, duplo. As dietas avaliadas consistiram na inclusão de diferentes níveis de castanha de caju moída (CC): 0; 80; 160 e 240 g kg-1 na porção concentrada, possibilitando concentrações de extrato etéreo de 31,6; 46,0; 68,9 e 73,1 g kg-1 na matéria seca da dieta, respectivamente. A silagem de milho foi utilizada como volumoso único, na proporção 50% e as dietas foram formuladas para serem isoproteicas. A dieta foi fornecida na forma de mistura total. A produção média de leite foi 30,3 kg dia-1. As concentrações de proteína, N-ureico e lactose não apresentaram variações significativas (p>0,05) entre as dietas. A inclusão de 24% de castanha de caju na porção concentrada da dieta, mantem a produção de leite, reduz o conteúdo de gordura no leite e juntamente com a redução na concentração de ácidos graxos de cadeia curta e o aumento nas concentrações de ácidos graxos de cadeia longa, proporciona maior valor nutracêutico ao leite, tornando a utilização de castanha excelente alternativa para obtenção de leite com maior benefício à saúde humana.

Palavras-chave:
Ácido linoléico conjugado; Gordura do leite; Lipídeos; Proteína do leite; Subproduto

Universidade Federal do Ceará Av. Mister Hull, 2977 - Bloco 487, Campus do Pici, 60356-000 - Fortaleza - CE - Brasil, Tel.: (55 85) 3366-9702 / 3366-9732, Fax: (55 85) 3366-9417 - Fortaleza - CE - Brazil
E-mail: ccarev@ufc.br