Avaliação do uso do extrato bruto de Euphorbia tirucalli na inibição do tumor ascítico de ehrlich

Orlando José dos Santos Euler Nicolau Sauaia Filho Flávia Raquel Fernandes do Nascimento Francisco Cardoso Silva Júnior Eder Magalhães Silva Fialho Rayan Haquim Pinheiro Santos Rennan Abud Pinheiro Santos Izabel Cristina Portela Bogéa Serra Sobre os autores

Objetivo:

avaliar o efeito do extrato hidroalcoólico de Euphorbia tirucalli (ETHE) sobre o desenvolvimento do tumor de Ehrlich em sua forma ascítica.

Métodos:

quinze camundongos Swiss foram inoculados via intraperitoneal com 10,44x107 células do tumor de Ehrlich e um dia depois foram divididos em dois grupos: Grupo ETHE (oito camundongos), tratados com a dose de 125mg/kg/dia de ETHE por cinco dias e Grupo Controle (sete camundongos), tratado apenas com 0,9% de solução salina isotônica em relação ao mesmo período. O tratamento foi realizado por gavagem. Dez dias após a inoculação, quatro animais de cada grupo foram sacrificados para a quantificação do número de células de tumor, do volume de fluido ascítico e do número de células da medula óssea. Os demais animais foram mantidos, para avaliar a sobrevivência.

Resultados

: o volume de líquido ascítico e do número de células tumorais foram menores no grupo ETHE quando comparado ao grupo controle, porém sem significância estatística. Por outro lado, a sobrevivência dos animais foi maior no grupo de ETHE, bem como, a quantidade de células de medula óssea.

Conclusão:

o tratamento com ETHE, após a inoculação do tumor, diminuiu o seu desenvolvimento e aumentou sobrevida, bem como, a celularidade da medula óssea, reduzindo assim, a mielossupressão presente nos animais portadores de tumor de Ehrlich.

Fitoterapia; Extratos Vegetais; Euphorbiaceae; Carcinoma de Ehrlich; Camundongos


Colégio Brasileiro de Cirurgiões Rua Visconde de Silva, 52 - 3º andar, 22271- 090 Rio de Janeiro - RJ, Tel.: +55 21 2138-0659, Fax: (55 21) 2286-2595 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista@cbc.org.br