Transversus Abdominis Release (TAR) Robótico: é possível oferecer cirurgia minimamente invasiva para os defeitos complexos da parede abdominal?

MARIA VITÓRIA FRANÇA DO AMARAL JOSÉ RICARDO GUIMARÃES PAULA VOLPE TCBC-SP FLÁVIO MALCHER MARTINS DE OLIVEIRA TCBC-RJ CARLOS EDUARDO DOMENE TCBC-SP SÉRGIO ROLL TCBC-SP LEANDRO TOTTI CAVAZZOLA TCBC-RSSobre os autores

RESUMO

Descrevemos a experiência preliminar nacional na utilização da cirurgia robótica para realizar a separação posterior de componentes da parede abdominal pela técnica transversus abdominis release (TAR) na correção de defeitos complexos da parede abdominal e seus resultados precoces. As cirurgias foram realizadas entre 02/04/2015 e 15/06/2015 e o tempo de acompanhamento dos resultados foi de até seis meses, com tempo mínimo de dois meses. O tempo cirúrgico médio foi de cinco horas e 40 minutos. Dois pacientes necessitaram reintervenção por laparoscopia, pois um desenvolveu hérnia por migração peritoneal da tela e um teve escape da tela. A cirurgia provou ser factível do ponto de vista técnico, com um tempo cirúrgico ainda elevado. Tendo em vista as vantagens potenciais da cirurgia robótica e aquelas relacionadas ao TAR e os resultados obtidos ao se associar essas duas técnicas, conclui-se que elas parecem ser uma boa opção para a correção de defeitos complexos da parede abdominal.

Descritores:
Robótica; Hérnia Abdominal; Procedimentos Cirúrgicos Minimamente Invasivos.

Colégio Brasileiro de Cirurgiões Rua Visconde de Silva, 52 - 3º andar, 22271- 090 Rio de Janeiro - RJ, Tel.: +55 21 2138-0659, Fax: (55 21) 2286-2595 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revistacbc@cbc.org.br