Assistência fonoaudiológica no sus: a ampliação do acesso e o desafio de superação das desigualdades

Gabriella Morais Duarte Miranda Antonio da Cruz Gouveia Mendes Ana Lúcia Andrade da Silva Mirella Rodrigues Sobre os autores

OBJETIVO:

avaliar a evolução da assistência fonoaudiológica no SUS, nos anos 2000, 2005 e 2010.

MÉTODOS:

trata-se de um estudo descritivo, cujas unidades de análise foram as regiões do Brasil e o universo dos municípios agregados em porte populacional. Foram analisados os anos de 2000, 2005 e 2010, e utilizados dados secundários para coletar informações sobre a quantidade e o valor pago por procedimentos realizados por fonoaudiólogos, além do número de profissionais no SUS.

RESULTADOS:

houve grande crescimento dos procedimentos de fonoaudiologia no país, com maior crescimento na região Norte. Entre os municípios, o maior crescimento ocorreu entre aqueles de menor porte populacional. Em 2010, 89,8% dos municípios brasileiros não realizaram nenhum tipo de procedimento em assistência fonoaudiológica no SUS. Entre 2000 e 2010, o coeficiente procedimentos/mil habitantes passou de 19,8 para 60,7. A evolução dos gastos com fonoaudiologia no SUS demonstrou que o crescimento proporcional destes procedimentos foi maior que o aumento dos gastos totais ambulatoriais. E entre os grupos, os atendimentos para órteses e próteses apresentaram o maior crescimento. Nos anos analisados, o país apresentou um aumento no número de fonoaudiólogos, apesar de ser evidenciado um déficit de profissionais em 2010.

CONCLUSÃO:

a evolução da assistência fonoaudiológica no SUS apresentou um crescimento significante, entre 2000 e 2010. Entretanto, ainda persiste uma má distribuição da assistência e de fonoaudiólogos no país, evidenciando a necessidade contínua de discussõessobre a universalização do acesso e a busca pela equidade na assistência fonoaudiológica.

Fonoaudiologia; Acesso aos Serviços de Saúde; Sistema Único de Saúde


ABRAMO Associação Brasileira de Motricidade Orofacial Rua Uruguaiana, 516, Cep 13026-001 Campinas SP Brasil, Tel.: +55 19 3254-0342 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistacefac@cefac.br