Consciência fonológica e desempenho escolar

Phonological awareness and school performance

Patrícia Aparecida Zuanetti Andréa Pires Corrêa Schneck Alessandra Kerli da Silva Manfredi Sobre os autores

OBJETIVOS: verificar a relação entre consciência fonológica e o desempenho acadêmico de escolares, e averiguar se a ordem de preferência para as tarefas acadêmicas é a mesma ordem conseguida por esta criança em seu desempenho. MÉTODOS: avaliou-se 24 crianças de uma sala da 2ª série do ensino fundamental de uma escola pública, aplicando a prova de consciência fonológica por produção oral e o teste de desempenho escolar. Excluíram-se todos os alunos que apresentavam distúrbios fonológicos. RESULTADOS: existe associação entre ordem de preferência e resultado apenas nas tarefas de aritmética e escrita, já na leitura não existe. Em relação ao desempenho nas tarefas de consciência fonológica, o grupo com desempenho escolar médio foi mais hábil em tarefas que envolviam síntese fonêmica, rima, segmentação fonêmica e manipulação fonêmica quando comparados aos alunos com desempenho acadêmico inferior. Quanto à correlação, esta foi positiva e forte entre as variáveis estudadas (consciência fonológica, desempenho escolar, leitura, escrita e aritmética). CONCLUSÕES: quanto mais desenvolvida é a consciência fonológica, melhor é a performance do aluno; Tarefas de rima, síntese, segmentação e manipulação fonêmica estão mais relacionadas à alfabetização. Existe associação entre ordem de preferência e resultado nas tarefas de aritmética e escrita.

Baixo Rendimento Escolar; Linguagem Infantil; Estudos de Linguagem


ABRAMO Associação Brasileira de Motricidade Orofacial Rua Uruguaiana, 516, Cep 13026-001 Campinas SP Brasil, Tel.: +55 19 3254-0342 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistacefac@cefac.br
Accessibility / Report Error